GRAFENO

processos de produção e suas aplicações

Autores

  • José Carlos Nascimento Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) - Taquaritinga - São Paulo - Brasil
  • Ramílio Ramalho Reis Filho Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) - Taquaritinga - São Paulo - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i1.786

Palavras-chave:

Políticas Públicas, Nanotecnologias, Grafeno, Material Revolucionário

Resumo

O presente artigo se ocupa em traçar um panorama relacionado ao assunto de estudo, a fim de que se conduza à uma melhor compreensão dos benefícios e vantagens em torno do material estudado. Não é novidade que as tecnologias vieram para revolucionar a indústria, e o grafeno não é diferente, com o crescimento das nanotecnologias, esse material se tornou uma das maiores descobertas, a primeira substância bidimensional e com capacidades mecânicas, térmicas e elétricas únicas, esse elemento químico, passou a ser um material revolucionário, que pode transformar a tecnologia atual. Este trabalho propõe-se estudar, através de pesquisas bibliográficas, o elemento químico alótropo grafeno, a fim de que se compreenda sua estrutura molecular, as propriedades, processos de fabricação e aplicações desse material.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALENCAR, E; SANTANA, D. PROCESSOS DE OBTENÇÃO DO GRAFENO, SUAS APLICAÇÕES E SUA IMPORTÂNCIA PARA O BRASIL. Artigo Científico (Pós Graduação) - Centro de Graduação Oswaldo Cruz, São Paulo, 2016. Disponível em: <http://revista.oswaldocruz.br/Content/pdf/Edicao_16_ALENCAR_Eduardo.pdf>. Acesso em: 27 nov. 2019.

ARS PHYSICA. Estrutura do Grafeno. 2011. Ilustração 1. Disponível em: <https://arsphysica.wordpress.com/2011/08/02/materiais-em-poucas-dimensoes/>. Acesso em: 27 nov. 2019.

CARVALHO, C. Grafeno: conheça o material que vai revolucionar a tecnologia do futuro. [S. l.], 2014. Disponível em: <https://canaltech.com.br/produtos/grafeno-conheca-o-material-que-vai-revolucionar-a-tecnologia-do-futuro-25436/>. Acesso em: 27 nov. 2019.

DINO. Planta piloto de Grafeno em Minas Gerais impulsiona desenvolvimento industrial em nanotecnologia. EXAME, 2019. Disponível em: <https://exame.abril.com.br/negocios/dino/planta-piloto-de-grafeno-em-minas-gerais-impulsiona-desenvolvimento-industrial-em-nanotecnologia/>. Acesso em: 28 nov. 2019.

DÓLAR HOJE. Valor do ouro hoje. [S. l.], 2019. Disponível em: <https://dolarhoje.com/ouro-hoje/>. Acesso em: 28 nov. 2019.

GIL, A. C.; Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2006.

HELERBROCK, R. Grafeno. [S. l.], 2019. Disponível em: <https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/fisica/grafeno.htm>. Acesso em: 26 nov. 2019.

INFRAROI. Chineses aplicam primeiro asfalto com aditivo de grafeno no mundo. [S. l.], 2019. Disponível em: <http://infraroi.com.br/chineses-aplicam-primeiro-asfalto-com-aditivo-de-grafeno-no-mundo/>. Acesso em: 27 nov. 2019.

LACERDA, L. M. GRAFENO O MATERIAL DO FUTURO. 2015. ed. Academia Educação, 2015. Disponível em: <https://www.academia.edu/18716555/ARTIGO_GRAFENO_O_MATERIAL_DO_FUTURO>. Acesso em: 25 nov. 2019.

LOL ESPORTES. Chineses aplicam primeiro asfalto com aditivo de grafeno no mundo. 2019. Ilustração 3. Disponível em: <http://forum.lolesporte.com/viewtopic.php?p=14349742>. Acesso em: 27 nov. 2019.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisas, elaboração, análise e interpretação de dados. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

MARION, B; HASAN, N. GRAFENO: INOVAÇÕES, APLICAÇÕES E SUA COMERCIALIZAÇÃO. 2016. 12 p. Artigo Científico (Graduação) - Interface Científica, Aracaju, 2016. Disponível em: <https://periodicos.set.edu.br/index.php/exatas/article/viewFile/2778/16171>. Acesso em: 27 nov. 2019.

MILENA, L. Projeto Grafeno agrega valor à indústria da mineração. [S. l.], 2018. Disponível em: <https://jornalggn.com.br/industria/brasilianas-projeto-grafeno-agrega-valor-a-industria-da-mineracao/>. Acesso em: 28 nov. 2019.

NOVOSELOV, K. et al. Electric Field Effect in Atomically Thin Carbon Films. Science Magazine, v. 306, p. 666-669, 2004.

OLIVEIRA, A; OLIVEIRA, A. M. C; GENTIL, R. GEOLOGIA ECONÔMICA GRAFENO. 2016. 14 p. Artigo Científico (Graduação) - UNIPAMPA, Caçapava, 2016. Disponível em: <https://www.academia.edu/29527265/Geologia_Economica_Grafeno_geo.> Acesso em: 20 nov. 2019.

ROCHA, J. P. M. GRAFENO COMO FONTE DE ENERGIA RENOVÁVEL: um estudo prospectivo. Orientador: Doriana Daroit. 2015. 68 p. Monografia (Bacharel em Administração) - Universidade de Brasilia, Brasília, 2015. Disponível em: <https://bdm.unb.br/bitstream/10483/16089/1/2015_JoaoPedroMagalhaesDaRocha_tcc.pdf>. Acesso em: 20 nov. 2019

SOLDANO, C; MAHMOOD, A; DUJARDIN, E. Production, properties and potential of graphene. Toulouse: Elsevier, 2010. Disponível em:< https://www.researchgate.net/publication/222648619_Production_Properties_and_Potential_ of_Graphene> . Acesso em: 06 set. 2019.

STEEL CARBON. Conheça o grafeno, material que pretende revolucionar o mundo. [S. l.], 2019. Disponível em: <https://www.steelcarbon.com.br/grafeno/>. Acesso em: 27 nov. 2019.

VIEIRA, J. E. D; VILLAR, E. O. Grafeno: Uma revisão sobre propriedades, mecanismos de produção e potenciais aplicações em sistemas energéticos. 2015. Artigo Científico (Pós Graduação) - Universidade Federal de Campina Grande, 2017. Disponível em: <http://www2.ufcg.edu.br/revista-remap/index.php/REMAP/article/download/493/387>. Acesso em: 20 nov. 2019.

Publicado

04/08/2020

Como Citar

NASCIMENTO, J. C.; REIS FILHO, R. R. GRAFENO: processos de produção e suas aplicações. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 661-672, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i1.786. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/786. Acesso em: 27 set. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Produção Industrial