FUTURISMO

tendências da tecnologia no empreendedorismo

Autores

  • Christiane Ratton Sanchez Faculdade de Tecnologia de Catanduva (FATEC) – SP- Brasil
  • Liriane Soares Araújo Faculdade de Tecnologia de Catanduva (FATEC) – SP- Brasil

Palavras-chave:

Futurismo, Negócios, Empreendedorismo, Carreira Profissional, Tecnologia

Resumo

O futurismo no Brasil também é conhecido como Foresight, Futures Studies ou Futures Research, que abrange metodologias de estudos de futuros e conhecimento de como aplicá-las em diferentes campos. Para ser um futurista profissional é preciso ir além do óbvio e saber como construir futuros de forma pragmática, bem como estudar futuros para ajudar as pessoas e empresas a entender, antecipar, preparar-se para obter vantagens sobre as mudanças vindouras. Sendo assim, o futurista usa de previsões, estudos para descrever o que poderia ou até mesmo o que deveria acontecer no futuro. Embora o futuro seja desconhecido, os estudos e as pesquisas podem identificar as possibilidades, selecionar os resultados mais favoráveis, influenciando eventos para criar um futuro desejado. Considerando este contexto, o objetivo deste trabalho envolve apresentar as tendências nas áreas de tecnologia envolvendo negócios e carreira profissional. A metodologia de pesquisa utilizada para o desenvolvimento deste trabalho consiste em levantamento bibliográfico e análises de cenários futuros. Espera-se auxiliar futuros profissionais na compreensão e nas atividades inovadoras e tecnológicas que podem surgir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

DIAMANDIS, Peter H. Steve Kotler, e outros. Abundância. 1ª. ed. São Paulo: HSM, 2012.
FUTUROEXPONENCIAL. Peter Diamandis revela 49 previsões para os próximos 20 anos. Disponível em: < https://futuroexponencial.com/peter-diamandis-previsoes/?fbclid=IwAR3nROMwjdFx8UmHVyyIqkMUoL4z8IF49ywKaU2LUgm2lbfQL0jxqgWg9BM >. Acesso em: 26 Fev.2019.
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar Projetos de Pesquisa. 4ª. ed. São Paulo: Editora Atlas S.A, 2002.
LEONHARD, Gerd. Tecnologia versus Humanidade: O confronto futuro entre a maquina e o homem. 1ª. ed. The Futures Agency, Switzerland, 2018.
NETO, Antero Coelho. O Futurista e o Adivinho. 1ª. ed. Fortaleza: ABC Editora, 2001.
SCHWAB, Klaus. A quarta revolução industrial. 1ª. ed. 3 ª reimpressão. São Paulo: Editora da Edipro, 2017.
SCHWAB, Klaus; DAVIS, N. Aplicando a quarta revolução industrial. 1ª. ed. São Paulo: Editora da Edipro, 2018.
UNIVERSIDADE DE TURKU. Futuro. 2019. Disponível em: < https://www.utu.fi/en>. Acesso em: 26 Fev.2019.
WEIGEL, Jaqueline. Futurismo: A arte de criar o futuro na prática. E-book da WFuturismo. São Paulo: WFuturismo, 2018a.
WEIGEL, Jaqueline. Lideres Exponenciais: Os corajosos comandantes do mundo digital. E-book da WFuturismo. São Paulo: WFuturismo, 2018b.
WFUTURISMO. Revolução Tecnologia. Disponível em:<https://www.wfuturismo.com/revolucao-tecnologica/> . Acesso em: 01 Mar. 2019.
WFSF. World Futures Studies Federation <https://wfsf.org/>. Acesso em: 10 Abr. 2019.

Publicado

30/06/2019

Como Citar

SANCHEZ, C. R.; ARAÚJO, L. S. FUTURISMO: tendências da tecnologia no empreendedorismo. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 171-183, 2019. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/586. Acesso em: 27 out. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática