FINANCEIRIZAÇÃO NA EMPRESA TERRA SANTA AGRO

análise de indicadores de uma gestora de mega farms brasileira

  • Giovana Nogueira Moreno Perea Faculdade de Tecnologia de São Carlos (FATEC) – SP – Brasil
  • Martin Mundo Neto Faculdade de Tecnologia de São Carlos (FATEC) – SP – Brasil
Palavras-chave: Investimento estrangeiro em terra, mercado de terras, modelo de negócios

Resumo

Este artigo trata de dois fenômenos econômicos interligados: a difusão de megafarms e a financeirização da agricultura. O objetivo foi analisar o caso da empresa Terra Santa Agro e identificar o grau relativo de financeirização de uma das principais gestoras de megafarms operando no Brasil, considerando os principais indicadores encontrados na literatura sobre a financeirização de empresas. Dentre as estratégias encontradas na empresa, destaca-se a trajetória marcada por fusões e aquisições, a participação de gestores de private equities entre os acionistas controladores e a alta remuneração dos executivos. Os dados permitem afirmar que a empresa analisada atende a maioria dos indicadores considerados indicadores de financeirização.

Publicado
21/12/2019
Como Citar
Perea, G. N. M.; Mundo Neto, M. FINANCEIRIZAÇÃO NA EMPRESA TERRA SANTA AGRO. Revista Interface Tecnológica, v. 16, n. 2, p. 245-254, 21 dez. 2019.
Seção
Tecnologia em Agronegócio