AGRICULTORES FAMILIARES E ESTRATÉGIAS DE ADAPTAÇÃO NA PANDEMIA COVID-19

um estudo com produtores orgânicos de base agroecológica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v19i1.1345

Palavras-chave:

Agricultura familiar, Agroecologia, Covid-19, Organização de Controle Social, Agricultura Orgânica

Resumo

A pandemia de Covid-19 causou impactos em âmbito global, afetando todas as camadas sociais. Porém, alguns grupos sociais com maiores indicadores de vulnerabilidade sofreram de forma mais ampla os impactos da pandemia. O objetivo deste artigo foi identificar as estratégias de adaptação adotadas pelos agricultores familiares, produtores orgânicos de base agroecológica, durante a pandemia. O estudo empírico foi realizado com agricultores da Organização de Controle Social - OCS Santa Helena, em São Carlos-SP. As entrevistas foram realizadas na feira do produtor orgânico e durante uma visita aos agricultores da OCS. Entre os impactos econômicos indicados nas entrevistas destaca-se a diminuição da receita monetária decorrente da interrupção das feiras e da suspensão dos contratos do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE. As principais estratégias de adaptação deste grupo foram i) mobilizar a rede de agroecologia local, ampliando as vendas por encomendas utilizando internet e ii) agir junto a representantes da esfera política municipal para defender os interesses dos agricultores familiares.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fabiana Estefano Benedito, Faculdade de Tecnologia de São Carlos (Fatec) – São Carlos – SP – Brasil

Graduanda em Gestão de Recursos Humanos, 6º semestre, pela Fatec São Carlos e bolsista da CNPq pela Iniciação Científica. 

Martin Mundo Neto, Faculdade de Tecnologia de São Carlos (Fatec) – São Carlos – SP – Brasil

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos, mestre em Engenharia de Produção pela UFSCar e graduado em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo. É membro do Núcleo de Estudos de Sociologia Economica e das Finanças (NESEFI - DEP/UFSCar), coordenador do Núcleo de Estudos em Organizações e Tecnologia (NEOTec - FATEC/TQ) . Atua como Professor de Ensino Superior Ref. III - GRAU F, na Faculdade de Tecnologia São Carlos (FATEC São Carlos). As atividades acadêmicas e de pesquisa têm se concentrado nas seguintes áreas: teoria das organizações, gestão da produção, sociologia econômica, sociologia dos mercados, agronegócio, desenvolvimento sustentável, agricultura familiar.

Referências

A CIDADE ON. Prefeitura irá substituir cartão merenda por kits de alimentação, São Carlos, 17 fev.2021. Disponível em: https://www.acidadeon.com/saocarlos/cotidiano/NOT,0,0,1582350,Prefeitura+vai+substituir+cartao+merenda+por+kits+de+alimentacao.aspx. Acesso realizado em: 2 fev. 2022.

ABRAMOVAY, Ricardo. Desenvolvimento sustentável: qual a estratégia para o Brasil. Novos estud. - CEBRAP, São Paulo, n. 87, p. 97-113, jul. 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0101-33002010000200006 . Acesso em: 29 set. 21. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-33002010000200006

ALTIERI, M. Agroecologia, agricultura campesina e soberania alimentar. Revista Nera, n. 16, p.22-32, 2010. Disponível em: https://revista.fct.unesp.br/index.php/nera/article/view/1362 . Acesso em: 29 set. 21. DOI: https://doi.org/10.47946/rnera.v0i16.1362

BICALHO, D.; LIMA, T, de M. O Programa Nacional de Alimentação Escolar com garantia do direito à alimentação no período da pandemia do Covid-19. DEMETRA: Alimentação, Nutrição & Saúde, [S.l.], v. 15, p. e52076, out. 2020. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/demetra/article/view/52076. Acesso em: 13 set. 2021. DOI: https://doi.org/10.12957/demetra.2020.52076

BORSATTO, Ricardo Serra et al. Desafios do programa de aquisição de alimentos (PAA) em fomentar autonomia de agricultores familiares. DRd – Desenvolvimento Regional em debate, v.10, p. 1104-1122, 17 set. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2897. Acesso em: 11 set. 2021. DOI: https://doi.org/10.24302/drd.v10i0.2897

BRASIL. Casa Civil. Decreto nº 7794. Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. 20 ago. 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/decreto/d7794.htm. Acesso em: 24 set. 2021.

______. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Programa Nacional de Alimentação Escolar. Lei 11.947 de jun. 2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l11947.htm. Acesso em: 24 set. 2021.

______. Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Programa Nacional de Alimentação Escolar. Lei 13.987 de abr. 2020. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou/-/lei-n-13.987-de-7-de-abril-de-2020-251562793. Acesso em: 24 set. 2021.

______. Ministério da Cidadania. Auxílio Emergencial. Lei 823 de 2021. Disponível em: https://www.gov.br/cidadania/pt-br/servicos/auxilio-emergencial. Acesso em: 21 out. 2021

______. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura familiar. Lei 10.696 de jul. 2003. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.696.htm. Acesso: 24 set. 2021. ¬¬¬¬¬

______. Ministério da Saúde. Coronavírus Covid-19. Brasília. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br. Acesso em: 21 out. 2021.

CAMPANHOLA, C.; VALARINI, P.J.; A agricultura orgânica e seu potencial para o pequeno agricultor. Brasília: Cadernos de ciência e tecnologia. v.18, n.3, p.69-101. 2001.

CAPORAL, F. R.; PETERSEN, P. Agroecologia e Políticas Públicas na América Latina: o caso do Brasil. Agroecologia v.6, p.63-74, 2011.

ESQUERDO, V. F. de S., BERGAMASCO, S. M. P. P., ANDRADE, F. R. P de. Agricultura Familiar e o PNAE: A implantação da Lei 11.947/2009 nos Municípios do Circuito das Frutas-SP. Retratos De Assentamentos,16(2), 153-173. 2013.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social, 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GRIESINGER, D. Senado aprova auxílio para agricultores familiares. Agência Brasil. 25. ago. 2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTASTÍSTICA – IBGE. Censo Agropecuário 2006: Segunda apuração. 2006.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONOMICA APLICADA – IPEA. A Política nacional de agroecologia e produção orgânica no Brasil: uma trajetória de luta pelo desenvolvimento rural sustentável. Sambuichi, R. H. R. et al. (orgs.). Brasília: Ipea, 2017.

MARTINS, D.; KROETZ, J.; SECO, F. Certificação da qualidade orgânica por ‘Organismos de Controle Social’: Viabilizando a valorização da produção agrícola familiar. In: SEMINÁRIO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA REGIÃO SUL, 31., 2013, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2013.

MOREIRA, R. M.; CARMO, M. S. do. Agroecologia na construção do desenvolvimento rural sustentável. Agric. São Paulo, v. 51, n.2, p. 37-56, dez. 2004.

MUNDO NETO, M.; RAMOS, R. F.; MALAGOLLI, G. A. Expansão da Produção Orgânica Brasileira: Análise a partir do Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos. In: SEMINÁRIO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL, 1., 2017, Araraquara. Anais [...]. Araraquara: Uniara, 2017.

______; ______; ANTONIA, L. D. Parceiros na expansão da agroecologia em São Paulo. Revista Interface Tecnológica, Taquaritinga, v. 16, n. 1, p. 393-405, 2019

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE. Orientação técnica e nacional: doença por coronavírus. World Health Organization, 2020.

PEREIRA, A. da S. et al. Desafios na execução do programa nacional de alimentação escolar durante a pandemia pela COVID-19. Brazilian Journal of Development, v.6, n.8, p. 63268-63282, aug.2020. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n8-674

PREISS, Potira Viegas.; NAVARRO, Renata Soares; WEBER, Jaime Miguel; MELLO, Lavinia de Melo. Abastecimento alimentar e COVID -19: uma análise das feiras no Vale do Rio Pardo-RS. Segurança Alimentar Nutricional, Campinas, v.28, p. 1-13. DOI: https://doi.org/10.20396/san.v28i00.8661446

SANTOS, L. de L.; FERREIRA, D. P.; ALMEIDA, L. M. de M. C. Capital social e redes: uma análise dos efeitos do Programa de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar em municípios diferenciados no Estado de Goiás. Revista de Políticas Públicas., v. 20, n. 1, p. 253-272, 2016. DOI: https://doi.org/10.18764/2178-2865.v20n1p253-272

SÃO CARLOS, Prefeitura Municipal de. Portal de São Carlos, 2020. Disponível em: http://www.saocarlos.sp.gov.br/index.php/noticias-2020/174393-feira-livre-da-agricultura-organica-sera-retomada-neste-sabado.html. Acesso em: 03 fev. 2022.

SILVA, R. C. da; SILVA, J. P. da; LOPES, P. R. Canais de comercialização para escoamento dos produtos orgânicos do grupo OCS Nova Santa Helena, São Carlos/SP. Cadernos de Agroecologia, Anais do VI CLAA, X CBA e V SEMDF, v.13, n.1, s.p., jul./2018. Disponível em: <https://cadernos.aba-agroecologia.org.br/cadernos/article/view/142/1528>. Acesso em: 2 fev. 2022.

TAFURI, D. M. Deus e o diabo na terra da cerca: A educação como expressão da luta pela terra no assentamento Santa Helena. São Carlos, 2019. 241 f. Tese (Pós- Graduação em educação) – Programa de Pós- Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2019.

VALADARES, A. A. et al. Agricultura familiar e abastecimento alimentar no contexto do Covid-19: uma abordagem das ações públicas emergenciais. Brasília: IPEA, 2020. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/9996 . Acesso em: 21 out. 2021.

VILELA, G. F. et al. Agricultura orgânica no Brasil: um estudo sobre o Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos. Embrapa Territorial. 20 p. ISSN 0103-7811; 12. Campinas, 2019.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Tradução Daniel Grassi. 2.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Downloads

Publicado

30/06/2022

Como Citar

ESTEFANO BENEDITO, F.; MUNDO NETO, M. AGRICULTORES FAMILIARES E ESTRATÉGIAS DE ADAPTAÇÃO NA PANDEMIA COVID-19: um estudo com produtores orgânicos de base agroecológica. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 19, n. 1, p. 173–184, 2022. DOI: 10.31510/infa.v19i1.1345. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1345. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Tecnologia em Agronegócio

Métricas