MOTIVAÇÃO NO FUNCIONALISMO PÚBLICO

desafios e possibilidades

Autores

  • Elvio Carlos da Costa Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Thiago Luiz Teixeira Universidade Federal de São João Del Rei – MG – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v15i2.429

Palavras-chave:

Motivação, Servidores públicos, Autarquia, Campo educacional

Resumo

O objetivo desta pesquisa consistiu em identificar e analisar os principais fatores organizacionais que interferem no nível de motivação dos servidores públicos de uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo, no campo educacional. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, caracterizada como descritiva. O campo empírico desta pesquisa focaliza uma Autarquia do governo do Estado de São Paulo de natureza educacional, localizado na cidade de Matão/SP, sendo que neste local trabalham professores, gestores escolares (diretor e coordenador pedagógico), porém para o presente estudo, considerou-se como foco seis funcionários públicos na área administrativa, especificamente no cargo Agente Técnico Administrativo. Para coletar os dados adotou-se como instrumento o questionário com 01 pergunta aberta e 05 questões fechadas, estruturadas em consonância com o referencial teórico e os objetivos traçados para essa investigação. Conclui-se que a motivação no ambiente de trabalho é relevante para a empresa que quer alcançar sua eficácia organizacional, pois determinam a plena satisfação e realização pessoal e profissional do servidor público. Vemos, também, que o reconhecimento e a valorização no trabalho são fatores que promovem satisfação e motivação aos servidores públicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BERGAMINI, C. W. Motivação. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1990.

BRUNELLI, M.G. M. Motivação no Serviço Público. 2008. Disponível em:<http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/sma/usu_doc/maria_da_graca_mello_brunelli._tcc.pdf>. Acesso em: 30 maio 2018.

CHIAVENATO, I. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

CHIAVENATO, I. Introdução à Teoria Geral da Administração. 8. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

GIL, A. C. Administração de recursos humanos: um enfoque profissional. São Paulo: Atlas, 1994.

MAXIMIANO, A. C. A. Teoria geral da administração. 1.ed.- 10. reimpr.- São Paulo: Atlas, 2011.

ROESCH, S. M. A. Projetos de estágio e de pesquisa em administração:
guia para estágios, trabalhos de conclusão, dissertações e estudos de caso. 3 ed. São Paulo: Atlas, 2005.

ROBBINS, S. P. Comportamento organizacional. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.

Publicado

30/12/2018

Como Citar

COSTA, E. C. da; TEIXEIRA, T. L. MOTIVAÇÃO NO FUNCIONALISMO PÚBLICO: desafios e possibilidades. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 311-322, 2018. DOI: 10.31510/infa.v15i2.429. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/429. Acesso em: 8 jul. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Gestão Empresarial