A SAÚDE MENTAL DOS TRABALHADORES

um levantamento com trabalhadores das cidades de São Carlos e Ibaté

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v20i2.1743

Palavras-chave:

Saúde mental, Doenças mentais, Qualidade de vida, Ambiente de trabalho

Resumo

Recentemente, tem-se observado diversas doenças mentais que surgem como resultado das condições de trabalho, implicando tanto em esgotamento físico quanto mental. Assim sendo, a saúde mental dos trabalhadores é fundamental para garantir seu bem-estar e níveis de produtividade. O objetivo deste estudo é examinar os aspectos pertinentes à saúde mental dos trabalhadores das localidades de São Carlos e Ibaté. Para tal fim, um questionário direcionado a esse grupo foi aplicado, com a participação de 104 indivíduos. Dentro desse grupo, foi constatado que 61,5% sofrem de ansiedade, 34,6% enfrentam estresse relacionado ao trabalho e 32,7% lidam com quadros depressivos. Esses resultados corroboram com a literatura existente, evidenciando uma proporção significativa de trabalhadores que enfrentam problemas de saúde mental, como estresse e ansiedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALONSO, F. G. Síndrome de Burnout: manual de medidas preventivas e identificativas para aplicação pelo engenheiro de segurança do trabalho. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba. (2014)

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: e o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsvier, 2010.

DEJOURS, C. A. Loucura do trabalho: estudo de psicopatologia do trabalho. São Paulo: Cortez, 1992.

DURAN, E. M.; COCCO, M. I. M. Capacidade para o trabalho entre trabalhadores de enfermagem do pronto-socorro de um hospital universitário. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v.12, n.1, p. 43-9, 2004. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-11692004000100007

EASHWR. European Agency for Safety And Health At Work Research. Factsheet 30 -Accessing information on stress at work from http://osha.eu.int/ew2002/. 2002.

FARIAS, E. Alertas globais chamam a atenção para o papel do trabalho na saúde mental. 2023. Disponível em: < https://www.epsjv.fiocruz.br/noticias/reportagem/alertas-globais-chamam-a-atencao-para-o-papel-do-trabalho-na-saude-mental>. Acesso em: 19 de setembro de 2023.

FERREIRA, H. D. B. Assédio moral nas relações de trabalho. São Paulo: Russell, 2004.

GERNET, I.; DEJOURS, C. Avaliação do trabalho e reconhecimento. In: P. F. Bendassolli & L. A. Soboll (Orgs.), Clínicas do trabalho. São Paulo: Atlas, 2011.

INOCENTE, N. J. Síndrome de Burnout em professores universitários do Vale do Paraíba Campinas, 202p. Tese (Doutorado) – Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas. (2005).

JODAS, D. A.; HADDAD, M. C. L. Síndrome de Burnout em trabalhadores de enfermagem de um pronto socorro de hospital universitário. Acta paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 22, n. 2, 192-197, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-21002009000200012

OMS. Organização Mundial da Saúde. Depression and Other Common Mental Disorders, Global Health Estimates, 2017.

OMS. Organização Mundial da Saúde. World mental health report: transforming mental health for all. Geneva: World Health Organization; 2022.

OPAS. Organização Pan-Americana da Saúde. Estudo alerta para altos níveis de depressão e pensamentos suicidas em trabalhadores de saúde na América Latina durante a pandemia. 2022. Disponível em: < https://www.paho.org/pt/noticias/13-1-2022-estudo-alerta-para-altos-niveis-depressao-e-pensamentos-suicidas-em>. Acesso em: 19 de setembro de 2023.

ROBINS, S. P. Comportamento organizacional. 12 ed. São Paulo, Pearson Prentice Hall, 2006.

RODRIGUES, A. C. S.; OLIVEIRA, N. R.; ARAUJO, C. O. O impacto do home office à saúde mental do funcionário no cenário da Pandemia Covid-19. Revista Fronteiras Em Psicologia, v. 4, n. 2, 39–49, 2022.

ROUQUAYROL, M. Z. Epidemiologia e Saúde. 4. ed. Rio de Janeiro: MEDSI, 1993.

SELIGMANN-SILVA, E. et al. O mundo contemporâneo do trabalho e a saúde mental do trabalhador. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v. 35, n. 122, p. 187–191, jul. 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S0303-76572010000200002

TST. Tribunal Superior do Trabalho. Notícias. Saúde mental no trabalho: a construção do trabalho seguro depende de todos nós. Disponível em: <https://www.tst.jus.br/-/sa%C3%BAde-mental-no-trabalho-a-constru%C3%A7%C3%A3o-do-trabalho-seguro%C2%A0depende-de-todos-n%C3%B3s>. Acesso em: 13 de junho de 2023.

WALBERT, Allan. Saúde mental: transtornos atingem cerca de 23 milhões de brasileiros. Portal EBC. 2013. Disponível em:<http://www.ebc.com.br/noticias/saude/2013/05/saude-mental-em-numeros-cerca-de-23-milhoes-de-brasileiros-passam-por> Acesso em: 19 de setembro de 2023.

Downloads

Publicado

20/12/2023

Como Citar

OLIVEIRA MOTA ZIGARAS, V.; SEGNINI RODRIGUES, L. A SAÚDE MENTAL DOS TRABALHADORES: um levantamento com trabalhadores das cidades de São Carlos e Ibaté. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 383–395, 2023. DOI: 10.31510/infa.v20i2.1743. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1743. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Tecnologia em Gestão Empresarial

Métricas