USO DE TECNOLOGIA NA RASTREABILIDADE DO REBANHO DE CORTE

Autores

  • Igor Augusto Trigo Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Marcela Midori Yada Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Ludmila da Silva Lourençano Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Yasmin Khatib de Lima Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v15i2.464

Palavras-chave:

Bovinos de corte, Plataformas Digitais, Aplicativos

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar um projeto que propõe uma solução para os produtores de gado de corte, de pequeno ou médio porte, através do uso de tecnologia, para que possam ter acesso a todas as informações necessárias de seu rebanho, desde a quantidade de animais, pesos e vacinas, até o tamanho da área de confinamento, através de um aplicativo, o qual será disponibilizado em todas as plataformas digitais e poderá ser acessado em uma ou mais telas, seja em computadores ou em dispositivos portáteis. Para isso, foi necessário realizar um estudo da área em que seria implantado o sistema e, logo após, com o auxílio de um drone, disponibilizando as informações no aplicativo. Com isso, o produtor poderá economizar tempo e possuir um maior controle sobre seu rebanho, podendo acessar as informações mesmo não estando próximo ao gado. Portanto, além de incluir o uso de tecnologia no dia a dia do produtor, permitirá agilizar os trabalhos a serem realizados no confinamento, permitindo emitir um relatório do lote para as indústrias de abate, garantindo assim, a qualidade do rebanho de corte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABADE, A. S. Pecuária de precisão: o uso drones para o monitoramento de bovinos por meio de identificação eletrônica por rádio frequência. IV Feira IFMT de Inovação Tecnológica. ed. 06/2015. 2015.

BARCELLOS, J. O. J. et. al. A bovinocultura de corte frente a agriculturização no sul do Brasil. XI Ciclo de Atualização em Medicina Veterinária – CAMEV – Centro Agroveterinário de Lages. 27p. 2004.

ECOAGRO. O Agronegócio no Brasil. 2018. Disponível em <http://www.ecoagro.agr.br/agronegocio-brasil/>. Acesso em 12 de junho de 2018.

MARTINS, F. M., LOPES, M. A. Rastreabilidade bovina no Brasil. Boletim técnico. ed. 55. 2001.

MOTA, E. G. A rastreabilidade bovina no Brasil: histórico, evolução e perspectivas de futuro. Brasília: Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Universidade de Brasília, 2001, 138 p. Dissertação de Mestrado.

Publicado

30/12/2018

Como Citar

TRIGO, I. A.; YADA, M. M.; LOURENÇANO, L. da S.; LIMA, Y. K. de. USO DE TECNOLOGIA NA RASTREABILIDADE DO REBANHO DE CORTE. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 381-391, 2018. DOI: 10.31510/infa.v15i2.464. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/464. Acesso em: 9 jul. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Agronegócio