OS DESAFIOS E DIFICULDADES DA LIDERANÇA NEGRA NO MERCADO DE TRABALHO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v20i2.1705

Resumo

O presente artigo destaca a desigualdade social vivenciada pelos(as) negros(as) na sociedade e no mercado de trabalho. Ao longo dos anos, tais desigualdades permaneceram, agravando a discriminação e o preconceito racial. Para compreender essa trajetória, foram necessários entender a submissão, à busca por inclusão e qualificação ao mercado de trabalho. Para tanto, o objetivo geral deste trabalho foi identificar os desafios que os líderes negros enfrentam com o racismo. A metodologia utilizada foi uma pesquisa bibliográficos e de campo por meio da aplicação de um questionário do Google Forms, composto por 8 questões e aplicado 72 participantes que atuam como colaboradores de empresas de diferentes segmentos, tais como: comercial, administrativa, financeira, educacional, entre outras, da cidade de Araraquara – SP. O resultado mostra que a maioria dos entrevistados compreende a definição do racismo, bem como já foi vítima de tal preconceito. Além disso um percentual significativo de participantes acreditam na importância do ensino como forma de combater o racismo, porém poucos apoiam as ações afirmativas de inclusão aos negros. Portanto, o desenvolvimento do presente estudo destaca a importância de mudanças estruturais, a fim de promover à inclusão e à igualdade entre as pessoas, independentemente, da raça ou de qualquer outro marcador social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALMEIDA, Silvio Luiz de. Racismo Estrutural: feminismos plurais. São Paulo: Polén, 2019.

BENETTI, J. R. C. B.; BRITO, L. C.; MORAES, J. P.; WISSMANN, A. D. M.; JÚNIOR, J.

J.; ANDRADE, A. G. M. Negros em cargos de lideranças: carreiras marcadas por discriminações. Revista Convibra, 2019. Disponível em:

<https://convibra.org/congresso/res/uploads/pdf/artigo_18874_2020131021.pdf.>. Acesso em: 12 fev. 2023.

CAMILLO, Fernanda Cristina. Ações afirmativas para negros: o ciclo de construção das cotas raciais. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração, Gestão Pública, Porto Alegre/RS. 2019. Disponível em:

<https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/201938/001105837.pdf?sequence=1&i s Allowed=y>. Acesso em: 01 maio. 2023.

CAMPOS, Dilma. Mulheres na liderança. Revista GV Executiva. São Paulo: v 22, n1, p 17- 22, jan/mar, 2023. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.12660/gvexec.v22n1.2023.88903

<https://periodicos.fgv.br/gvexecutivo/issue/view/5007/2759>. Acesso em: 05 ago. 2023.

FERNANDES, Florestan. A integração do negro na sociedade de classes. São Paulo: Editora Globo, v.1, 2008.

GASPAR, Sérgio Ricardo. O silenciamento da questão racial na comunicação: a paz negativa nas organizações e o mito da democracia racial no Brasil. Associação Brasileira de Pesquisa de Comunicação Organizacional e Relações Públicas (Abrapcorp). Bauru/SP: 2020. Disponível em: <https://abrapcorp2.org.br/site/manager/arq/urJLt9Rho_ARTIGO.pdf>. Acesso em: 01 maio. 2023.

GUIMARÃES, Antonio Sérgio Alfredo. Racismo e anti-racismo no Brasil. Rio de Janeiro: Editora 34, 1999.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Brasileiro de 2021. São Paulo: 2022. Disponível em: <https://www.ibge.gov.br/>. Acesso em: 03 abr. 2023.

LEGWOY, Bernardo. Dez motivos para ser contra as cotas raciais. Revista Exame. 31 jul. 2009. Disponível em: <https://exame.com/colunistas/instituto-millenium/dez-motivos-para- ser-contra-as-cotas-raciais/>. Acesso em: 12 ago. 2023.

LIMA, Isabela Cristina Américo de; SANTOS, Kaio Vinicius da Silva. A comunidade negra no mercado de trabalho: negros em cargos importantes. Fatec São Carlos, São Carlos, jun/2021. Disponível em: <https://ric.cps.sp.gov.br/handle/123456789/7559>. Acesso em: 01 maio. 2023.

MADEIRA, Zelma; GOMES, Daiane Daine de Oliveira. Persistentes desigualdades raciais e resistências negras no Brasil contemporâneo. Serv. Soc. Soc. São Paulo: n 133, p. 463- 479, set./dez. 2018. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.1590/0101-6628.154

<https://www.scielo.br/j/sssoc/a/FmSRPNQZhrqz9mMVWTJnwqP/>. Acesso em: 24 abr. 2023.

OLIVEIRA, Silvana Weinhardt de. O negro inserido no mercado de trabalho: análise da situação mercadológica e exclusão social. Revista Eletrônica do TRT-PR. Curitiba: TRT 9ª Região, v 10, n 101, p 91-101, jul, 2021. Disponível em:

<https://juslaboris.tst.jus.br/handle/20.500.12178/193411>. Acesso em: 24 abr. 2023.

SANTOS, Elisabete F. dos; PINTO, Eliane A. T.; CHINIRÉA, Andreia M. A lei nº 10.639/03 e o Epistomicídio: relações e embates. Educação & Realidade. Porto Alegre: v.43, n 3, p 949-967, jul/set, 2018. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.1590/2175-623665332

<https://www.scielo.br/j/edreal/a/JXQP9M8NVGb6cCFH4hZwgFC/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 29 jan. 2023.

SILVA, Lucas Matheus Tavares. A percepção de trabalhadores acerca da liderança negra: uma análise sobre representatividade. Centro Universitário Doutor Leão Sampaio, Juazeiro do Norte/CE. 2019. Disponível em:

<https://sis.unileao.edu.br/uploads/3/ADMINISTRACAO- 1/A1220.pdf>. Acesso em: 01 maio. 2023.

TEIXEIRA, Kamila Cristina da Silva; GÓIS, João Bosco Hora. Políticas Afirmativas de Emprego no Brasil: o caso do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça (2005-2016). Núcleo Básico de Revistas Científicas Argentinas, Santiago del Estero, Argentina: v XXI, n 35, 2020. Disponível em:

<https://www.scielo.br/j/rbh/a/BcBZ8KgTsqPZZr7vVmGDc6t/?lang=pt>. Acesso em: 12 fev. 2023.

Downloads

Publicado

20/12/2023

Como Citar

BLANC, A. I. L.; DE SOUZA, E. G.; DA COSTA, E. C. OS DESAFIOS E DIFICULDADES DA LIDERANÇA NEGRA NO MERCADO DE TRABALHO. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 20, n. 2, p. 278–290, 2023. DOI: 10.31510/infa.v20i2.1705. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1705. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Tecnologia em Gestão Empresarial

Métricas