AVALIAÇÃO DA USABILIDADE DO ERP IXC

uma abordagem centrada no usuário

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v20i1.1634

Palavras-chave:

Gestão de serviços de telecomunicações;, ERPs, Mapeamento de processos em Telecom

Resumo

O setor de telecomunicações está passando por mudanças consideráveis ​​em seu ambiente de negócios. Os esforços combinados da indústria de telecomunicações e informática resultaram em um crescimento considerável nas ofertas de serviços de comunicação e dados. Essa tendência colocou uma enorme pressão no ambiente de negócios da indústria de telecomunicações, forçando as empresas a ajustarem suas estratégias de TI para que se tornassem mais orientadas a serviços e para que empregassem novas tecnologias para fornecer suporte em termos de serviços integrados, interoperabilidade, modelo de dados consistente, gestão da rede de atendimento ao cliente. Esse estudo teve por objetivo principal sugerir um modelo de planejamento e gestão estratégica e sistemática de recursos e infraestrutura e de processos em Telecom, para promover a saúde financeira de empresas em expansão nesse segmento. O método de pesquisa utilizado neste trabalho fundamentou-se em livros, artigos científicos proveniente de bases científicas e artigos, sendo essa, portanto, uma pesquisa bibliográfica. O estudo permitiu concluir que os sistemas IXC Provedor e UNM 2000 são de suma relevância para o processo de gestão de serviços de telecomunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BARABÁSI, A.-L. (2002). Linked: The New Science of Networks. . Perseus Publishing.

BERTALANFFY, L. v. (1968). General System Theory. Foundations, Development, Applications. George Braziller.

BRUNER, M. &. (1999). O impacto da tecnologia de rede ativa no gerenciamento de serviços em um ambiente de telecomunicações. Em Gestão Integrada de Redes VI., pp.385-400.

CHECKLAND, P. (1981). Systems Thinking, Systems Practice. John Wiley & Sons.

CHOI, Y. T. (2006). Gestão de serviços de telecomunicações internacionais. International Journal of Services and Standards, 2 (3), 257-272. DOI: https://doi.org/10.1504/IJSS.2006.009757

DUTRA, J. S. (2000). Gestão de pessoas por competências: o caso de uma empresa do setor de telecomunicações. Revista de Administração Contemporânea, 4, 161-176. DOI: https://doi.org/10.1590/S1415-65552000000100009

GIL, A. (1994). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 4ª. ed. . São Paulo: Athas.

GONÇALVES, L. R. et al. (2019). Proposta de implantação de um sistema de gerenciamento em uma provedora de internet. Anais do 13º Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produto.

KERZNER, 2. K. (2017). Project Management: A Systems Approach to Planning, Scheduling, and Controlling. 12th Edition. Hoboken, NJ: John Wiley & Sons, Inc.

LAKATOS, E., & MARCONI, M. (1999). Fundamentos de Metodologia científica. 5.ed.

LIBORIO, M. P. (2016). Programa inovar de gestão da inovação: características e dificuldades em PD&I no setor de telecomunicações. In: Gestão da inovação de produtos e serviços. pesquisas e práticas atuais 2016 anais do X Workshop do instituto de inovaçao e gestao de desenvolvimento de produto, em Betim, 228-232.

MANTOVANI, C. A. (2001). Uma sistemática de gestão da capacidade apoiada na análise e melhoria dos processos para prestadoras de serviços de telecomunicações.

NEWMAN, M. E. (2010). Networks: An Introduction. Oxford University Press. DOI: https://doi.org/10.1093/acprof:oso/9780199206650.003.0001

OODAN, A. W. (2003). Gestão da qualidade do serviço de telecomunicações. legado aos serviços emergentes, (nº 48).

PMI. (2017). Project Management Institute. (2017). A Guide to the Project Management Body of Knowledge (PMBOK® Guide) – Sixth Edition. . Newtown Square, PA. Project Management Institute, Inc.

SILVEIRA JUNIOR, J. d. (2010). A Tipologia de Mintzberg Aplicada nos Modelos de Gestão de Serviços B2B no Mercado de Telecomunicações Brasileiro. Doctoral dissertation, PUC-Rio.

SKYTTNER, L. (2005). General Systems Theory: Problems, Perspectives, Practice. World Scientific Publishing., (2nd ed.). DOI: https://doi.org/10.1142/5871

SOUZA, D. J. (2017). Planejamento estratégico em pequenas empresas prestadoras de serviços de telecomunicações.

TURNER, 2. T. (2014). Handbook of Project-Based Management: Leading Strategic Change in Organizations. 4th Edition. New York, NY: McGraw-Hill Education.

WALLIN, S. &. (2009). Gestão de redes e serviços de telecomunicações: uma pesquisa de operadoras. Em IFIP/IEEE International Conference on Management of Multimedia Networks and Services . Springer, Berlim, Heidelberg, pp. 15-26.

WASSERMAN, S. &. (1994). Social Network Analysis: Methods and Applications. Cambridge University Press. DOI: https://doi.org/10.1017/CBO9780511815478

WONG, D. T. (2007). Do gerenciamento de rede ao gerenciamento de serviços - um desafio para os provedores de serviços de telecomunicações. Na Segunda Conferência Internacional sobre Computação Inovadora, Informação e Controle, pp.280-280

Downloads

Publicado

30/06/2023

Como Citar

LESSI SILVA, L. F.; OLIANI JUNIOR, S. AVALIAÇÃO DA USABILIDADE DO ERP IXC: uma abordagem centrada no usuário. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 20, n. 1, p. 76–86, 2023. DOI: 10.31510/infa.v20i1.1634. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1634. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática

Métricas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)