LIDERANÇA FEMININA NAS EMPRESAS

desafios e percepções

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v19i2.1552

Palavras-chave:

Liderança feminina, Teto de vidro, Mulheres no mercado de trabalho

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar aspectos da liderança feminina no mercado de trabalho, como os desafios e as barreiras que elas enfrentam e as suas percepções em relação às desigualdades em comparação com os homens. Para isso, foram realizadas entrevistas estruturadas com três mulheres que ocupam cargos de lideranças em empresas distintas. Os resultados demonstram que as mulheres ainda convivem com diversos desafios e barreiras no ambiente de trabalho, especialmente quando ocupam cargos de liderança, no entanto, pode-se afirmar que elas conseguem lidar com esses desafios e barreiras a partir do momento que ocupam esses cargos. Tabulados e sintetizados os resultados, chega-se à conclusão que ainda têm que lidar com o teto de vidro que muitas vezes não as deixam ocupar cargos de liderança, mas, quando conseguem ocupar esses cargos, cumprem bem esse papel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Lilian Segnini Rodrigues, Faculdade de Tecnologia de São Carlos (Fatec) – São Carlos – SP – Brasil

Doutoranda em Ciências Sociais pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara - UNESP. Mestra em Gestão de Organizações e Sistemas Públicos pela Universidade Federal de São Carlos. Professora de Ensino Superior na Fatec São Carlos.

Referências

ASSIS, Rosiane Hernandes. A inserção da Mulher no Mercado de Trabalho. VI Convibra, Congresso Virtual Brasileiro de Administração, 2009. Disponível em: http://www.convibra.org/2009/artigos/140_0.pdf >. Acesso em: 30 Set. 2022.

BARBOSA, P. A.; OLIVEIRA, M. F. O fenômeno do teto de vidro enfrentado pelas mulheres do Instituto Federal de Brasília. Revista Eixo, Brasília-DF, v. 10, n. 3, setembro-dezembro de 2021.

BIROLI, Flávia. Gênero e desigualdades: os limites da democracia no Brasil. São Paulo: Boitempo, 2018.

CAPPELLIN, P. As Desigualdades Impertinentes: Telhado, Paredes ou Céu de Chumbo? Revista Gênero, v. 9, n. 1, p. 89-126, Niterói, 2010

CIROLINI, Vicente; NORO, Greice de Bem. A participação da mulher na gestão das cooperativas: um estudo realizado na Cotrisel. Disciplinarum Scientia. Série: Ciências Sociais Aplicadas, S. Maria, v. 4, n. 1, p. 29-43, 2008. Disponível em: https://periodicos.ufn.edu.br/index.php/disciplinarumSA/article/view/1483/1397. Acesso em: 30 Set. 2022.

HRYNIEWICZ, L. G. C.; VIANNA, M. A. Mulheres em posição de liderança: obstáculos e expectativas de gênero em cargos gerenciais. Cad. EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 16, n. 3, p. 331-344, set. 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/1679-395174876

MACHADO, H. P. V. Identidade empreendedora de mulheres no Paraná. Orientador: Professor Bruno Hartmut Kopittke, Dr. 2002. 187p. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - UFSC, Florianópolis.2002. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/84447. Acesso em: 30 Set. 2022.

MUNHOZ, Gláucia de Souza. Quais as contribuições que o estilo feminino de liderança traz para as organizações Empreendedoras? Anais do I EGEPE, p. 164-176, out./2000. Disponível em: https://anegepe.org.br/wp-content/uploads/2021/09/GPE2000-01.pdf. Acesso em: 30 Set. 2022.

PERROT, M. Minha história das mulheres. Tradução Angela M. S. Côrrea. 2. ed. 5. reimp. São Paulo: Contexto, 2007.

ROBBINS, Steplen P. Administração: mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2000.

ROQUE, C. B. BERTOLIN, P. T. M. As carreiras das mulheres no Brasil: igualdade de oportunidades ou teto de vidro? Brazilian Journal of Development, Curitiba, v.7, n.3, p.23792-23813, mar. 2021. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-202

SCHLICKMANN, Eugênia, PIZARRO, Daniella. A evolução da mulher no trabalho: uma abordagem sob a ótica da liderança. Revista Borges, Faculdade Borges de Mendonça, Florianópolis/ SC, vol. 3, nº. 1, p. 70-89, jul, 2003. Disponível em: https://www.sumarios.org/artigo/evolução-da-mulher-no-mercado-de-trabalho-uma-abordagem-sob-ótica-da-liderança. Acesso em: 30 Set. 2022.

TONANI, Adriana Venturim. Gestão feminina: um diferencial de liderança, mito ou nova realidade. VII Congresso Nacional de excelência em Gestão, 12 e 13 de agosto de 2011. Disponível em: https://docplayer.com.br/9809151-Gestao-feminina-um-diferencial-de-lideranca-mito-ou-nova-realidade.html. Acesso em: 30 Set. 2022.

Downloads

Publicado

20/12/2022

Como Citar

FRANCISCO, I. A.; RICCI, L.; RODRIGUES, L. S. LIDERANÇA FEMININA NAS EMPRESAS: desafios e percepções . Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 501–513, 2022. DOI: 10.31510/infa.v19i2.1552. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1552. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Tecnologia em Gestão Empresarial

Métricas