ANÁLISE DAS MUDANÇAS NO ESPAÇO URBANO DO DISTRITO DE GUARIROBA-TAQUARITINGA–SP, UTILIZANDO GEOTECNOLOGIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v19i2.1476

Palavras-chave:

Crescimento urbano, Distrito rurais, Geografia urbana, Google earth pro

Resumo

O crescimento urbano acontece normalmente do centro para as regiões suburbanas que os contornam, tornando-se um feito frequentemente contínuo de crescimento que pode também acontecer da cidade para as áreas rurais mais próximas. É considerável entender que a cidade diz respeito à área urbana interna de um município, e o campo à área rural, de forma que alguns municípios contam com uma área completamente urbana ou totalmente rural. O objetivo desse trabalho é verificar o crescimento urbano no distrito de Guariroba, município de Taquaritinga-SP, nos anos de 2003/4 e 2022. A metodologia utilizada neste estudo foi o uso de imagens de satélite, disponível no software livre Google Earth Pro (GEP). Constatou-se no período considerado alterações no uso e ocupação do solo, onde as culturas lenhosas (Gênero Citrus) foram substituídas pela cultura da cana-de-açúcar, causando alterações na paisagem rural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Daniele Amanda Fincolo, Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – SP – Brasil

Graduanda do Curso Superior em Tecnologia em Agronegócio, da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga, Taquaritinga, SP.

Gilberto Aparecido Rodrigues, Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – SP – Brasil

Atualmente é DOUTOR EM AGRONOMIA, na FCAV, UNESP, CIÊNCIA DO SOLO, iniciado em 2011 e finalizado em agosto de 2015. Possui graduação em ZOOTECNIA pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1986), mestrado em Zootecnia (Produção Animal) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1992) e mestrado em Zootecnia (Melhoramento Animal) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2004). Docente PLENO II , da FACULDADE DE TECNOLOGIA DE TAQUARITINGA. Atualmente desenvolve estudos na bacia hidrográfica de Taquaritinga, SP, utilizando principalmente o software livre Google Earth Pro, disseminando os resultados da pesquisa e uso do software nas escolas de ensino médio e fundamental, e em periódicos.

Nathalia Maria Soares, Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – SP – Brasil

Possui graduação em Letras - Português/Inglês pelo Centro Universitário Municipal de Franca (2007), graduação em Letras - Português/Espanhol pela Universidade de Franca (2008) e mestrado em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2014). Doutoranda pela Unesp - Araraquara, tendo - durante o doutorado - realizado uma Capacitação no Exterior com fomento da CAPES/PRINT. Atualmente é professora - Mairo Vergara Idiomas e revisora de texto da Cooperativa de Cafeicultores e Agropecuaristas. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Letras, atuando principalmente em língua espanhola.

Referências

BORGES, I.M. S.; LIMA, C. A. O.; FERNANDES, A. C. G.; NUNES, E. A. C.; ALVES, Á. E. F.; NUNES, E. A. C.; NUNES, F. J. B.; ROCHA, A. L. S. da;

SANTOS JUNIOR, C. N. dos e BATISTA, C. dos S. O processo de urbanização e seus impactos ambientais na Cidade de Fagundes, Paraíba: recortes históricos. Research, Society and Development, v. 9, n. 8, 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5196

ISSN 2525-3409. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5196. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5196

CANDIOTTO, L. Z. P.; CORRÊA, W. K. Ruralidades, urbanidades e a tecnicização do rural no contexto do debate cidade-campo. Campo-território, v.3, n. 5, p. 214-242, fev. 2008.Acesso em 17 ago.2022. DOI: https://doi.org/10.14393/RCT3511839

CARLOS, A. F. A. O lugar no/do mundo. São Paulo: Labur Edições, 2007. Acesso em 17 ago.2022.

CARNEIRO, M. J.. Ruralidades: novas identidades em construção. Estudos Sociedade e Agricultura, v.11, p. 53-65, out. 1998. Acesso em 20 ago.2022.

CARVALHO, R. G. As bacias hidrográficas enquanto unidades de planejamento e zoneamento ambiental no Brasil. Caderno Prudentino De Geografia, 1(36), 26–43, 2014. Recuperado de https://revista.fct.unesp.br/index.php/cpg/article/view/3172. Acesso em 20 jul.2022.

EUGENIO,F.C;SANTOS,A.R;LOUZADA,F.L.R.O;PIMENTEL,L.B; MOULIN,J.V. Identificação das áreas de preservação permanente no município de Alegre utilizando geotecnologia.Cerne,Lavras,v.17,n.4,.n1p.593-571,out/dez.2011.Disponível em : https://www.scielo.br/j/cerne/a/5Pvh8QhtWJsGfW4mBvCW4KQ/abstract/?lang=pt. https://doi.org/10.1590/S0104-77602011000400016.Acesso em 2682022. Acesso em 15 jul.2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-77602011000400016

FEITOSA, S. M. R.; GOMES, J. M. A.; NETO, J. M. M.; ANDRADE, C. S. P.; Consequências da Urbanização na vegetação e na temperatura da Superfície de Teresina -Piauí; REVSBAU, Piracicaba -SP, v.6, n2, p.58-75, 2011.Acesso em 12 jun.2022. DOI: https://doi.org/10.5380/revsbau.v6i2.66395

FRESCA, T. M. Centros locais e pequenas cidades: diferenças necessárias. Revista Mercator, número especial, p. 75-81, dez. 2010.Acesso em 12 ago.2022. DOI: https://doi.org/10.4215/RM2010.0920.0005

JAPIASSU, L. A. T e LINS, R.D.B. As diferentes formas de expansão urbana. Revista nacional de gerenciamento de cidades, n.02, n.13,2014,pp.15-25 .Disponível:https://publicacoes.amigosdanatureza.org.br/index.php/gerenciamento_de_cidades/article/view/764 https: //doi.org/10.17271/231884722132014764. Acesso em 20 jul.2022.

LOCATEL, C. D.; AZEVEDO, F. F. de. Gestão do território e a prática da agricultura urbana na cidade de Natal (RN - Brasil). In: COLOQUIO

INTERNACIONAL DE GEOCRÍTICA, 11., 2010, Buenos Aires. Anais... Buenos Aires: Universidad de Buenos Aires, 2010.Acesso em 17 ago.2022.

MAIA, D. S. Hábitos rurais em vidas urbanas. IN: DAMIANI, A. L.; CARLOS, A. F. A.; SEABRA, O. C. de L. (Orgs.). O espaço no fim do século: a nova raridade. São Paulo: Contexto, 1999. p. 214-219. Acesso em 20 ago.2022.

MELO, J.C.; SOUZA, R. S. de; MORAIS, M. V. A. R. Revista de geociência do nordeste, volume 2 especial, 2016. Disponível: http://dx.doi.org/10.21680/2447-3359.2016v2n0ID10566. Acesso em 16 jul.2022. DOI: https://doi.org/10.21680/2447-3359.2016v2n0ID10566

ROCHA, A.C.L. Transformações urbanas contemporâneas: uma análise sobre o município de Rio Bonito-Rio de Janeiro (RJ). Espaço e Economia [Online], 9, 2016. Disponível: http://journals.openedition.org/espacoeconomia/. DOI: https ://doi.org/10.4000/espacoeconomia.2324. Acesso e8im 10 ago.2022. DOI: https://doi.org/10.4000/espacoeconomia.2324

SANTORO, P. O Desafio de Planejar e Produzir Expansão Urbana com Qualidade – A Experiência Colombiana dos Planos Parciais em Bogotá, Colômbia – Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais – v.13, n.1, 2011. – Publicação Semestral da Ampur - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional. Disponível em: https://rbeur.anpur.org.br/rbeur/article/download/287/262/564. Acesso em 24 ago.2022. DOI: https://doi.org/10.22296/2317-1529.2011v13n1p91

SILVA, O. A. Cidade pequena: possibilidades de definição. In: BAQUEIRO, Paulo Roberto (Org) Cidades médias e pequenas: reflexões sobre dinâmicas espaciais contemporâneas. Curitiba Prima. Acesso em 02 jul.2022.

VIANNA, M. A.; As transformações no Espaço rural no município de Seropédica- RJ nas últimas décadas, Espaço e economia [online],19[2020]. http://journals.openedition.org/espacoeconomia/16651. ISSN: 2317-7837. DOI: 10.4000/espacoeconomia.16651 DOI: https://doi.org/10.4000/espacoeconomia.16651

VILLAÇA, F. São Paulo: segregação urbana e desigualdade. Revista de Estudos Avançados n. 25 Vol. 71, 2011 p 40 a 58. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ea/a/7G8LTmdQbCjCHqXg87Gs3SD/?lang=pt . Acesso em 06 jun.2022. https://doi.org/10.1590/S0103-40142011000100004. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-40142011000100004

Downloads

Publicado

20/12/2022

Como Citar

FINCOLO, D. A.; RODRIGUES, G. A.; SOARES, N. M. ANÁLISE DAS MUDANÇAS NO ESPAÇO URBANO DO DISTRITO DE GUARIROBA-TAQUARITINGA–SP, UTILIZANDO GEOTECNOLOGIA. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 653–667, 2022. DOI: 10.31510/infa.v19i2.1476. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1476. Acesso em: 24 jun. 2024.

Edição

Seção

Tecnologia em Agronegócio

Métricas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>