EXPANSÃO URBANA NO DISTRITO DE JURUPEMA, MUNICÍPIO DE TAQUARITINGA-SP, COM O USO DE GEOTECNOLOGIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v19i2.1462

Palavras-chave:

Geografia Urbana, Imagens de Satélite, Google Earth Pro

Resumo

A constatação da expansão urbana está no curso contínuo de eventos da história contemporânea e etnosocial de grandeza mundial e também localmente, de forma que estimula o avanço de uma região urbanizada, os aglomerados urbanos se desenvolvem de acordo com uma condição específica de estrutura de toda malha urbana. Compreender o processo de expansão urbana com o uso de ferramentas de geoprocessamento, como o sensoriamento remoto, torna o reconhecimento do crescimento das cidades muito eficiente. Nessa perspectiva, o objetivo desse trabalho foi analisar a expansão urbana no distrito de Jurupema localizado no município de Taquaritinga-SP, no período de 2004 a 2022, a metodologia de usada para a pesquisa foi a análise visual de imagens de satélite usando o software livre Google Earth Pro (GEP) para analisar e identificar as variações na expansão urbana e rural do referido distrito. As principais mudanças que marcaram o distrito de Jurupema nos últimos tempos foram determinadas pela alteração e ocupação do solo, que as culturas de Limão, Laranja e Goiaba foram subtraídas, causando alterações na paisagem rural, motivada pelo avanço da cultura de cana-de-açúcar e não se constatou aumento substancial da área urbana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Aparecida Nascimento de Lima, Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – SP – Brasil

Graduanda no Curso Superior em Tecnologia em Agronegócio, da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga, Taquaritinga, São Paulo, Brasil

Kátia Cristina Galatti, Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – SP – Brasil

Mestre em Educação pelo Centro Universitário Moura Lacerda de Ribeirão Preto (2011), com pesquisa sobre Aquisição Oral da Língua Inglesa, Formação de Professores, Ensino de Línguas, Práticas e Abordagens de Ensino. Possui Licenciatura Plena em Letras (Inglês e Português) pela Faculdade São Luís de Jaboticabal (2003), curso de Pós-Graduação Lato Sensu em nível de Especialização, na área de Educação, denominado "Didática - Fundamentos Teóricos de Prática Pedagógica", pela Faculdade de Educação São Luís de Jaboticabal (2002) e Licenciatura Plena em Matemática pelo Centro Universitário de Araraquara (1998). Trabalha como professora de Língua Inglesa em Ensino Superior na Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC-TQ), em escola de Ensino Fundamental e Médio da Rede Pública do Estado de São Paulo, além de ministrar aulas em Ensino de Aperfeiçoamento de inglês básico, médio e avançado em escola de idiomas. Autora do livro "Língua Inglesa: a aquisição da oralidade a partir do significado da profissão Professor de Inglês" (Editora Appris- 2016).

Maria Aparecida Bovério, Faculdade de Tecnologia de Sertãozinho (Fatec) – Sertãozinho – SP – Brasil

Docente e pesquisadora nas Fatecs de Sertãozinho e Jaboticabal. Membro do GEPES, da Unesp, Câmpus de Rio Claro-SP. Editora-chefe da Revista Ciência & Tecnologia da Fatec-JB e dos anais do Simpósio de Tecnologias em Gestão Ambiental, Biocombustíveis e Marketing. Editora responsável pelos anais do Simpósio de Tecnologia (SITEFA) da Fatec de Sertãozinho. Membro dos comitês organizador e científico de ambos os simpósios. Pós-Doutorado em Educação Escolar, linha de pesquisa: Políticas, Gestão e o Sujeito Contemporâneo, pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Câmpus de Rio Claro-SP (2018). Doutora em Educação Escolar, linha de pesquisa: Política e Gestão Educacional, pela UNESP, Câmpus de Araraquara-SP (2014). Mestra em Educação Escolar, linha de pesquisa: Política e Gestão Educacional, pela UNESP, Câmpus de Araraquara-SP (2007). Especialista em Planejamento e Gestão de Organizações Educacionais, pela UNES), Câmpus de Araraquara-SP (2004). Licenciada em Letras (Português e Inglês) pelo Centro Universitário Moura Lacerda, Câmpus de Ribeirão Preto-SP (1997). Professora titular da Faculdade de Tecnologia (Fatec) de Sertãozinho-SP (desde fevereiro de 2018).

Nivaldo Carleto, Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – SP – Brasil

Doutorado em Agronomia (Ciência do Solo) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Brasil (2016). Professor do Ensino Superior - PLENO da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga , Brasil.

Referências

ALCANTARA, D.; OLIVEIRA, N. S.; MAGALHÃES, L. C.& MENDONÇA, G. R. Cenário de desenvolvimento urbano e periurbano em Japeri-RJ: zona de sacrifício ou município insurgente? Espaço e Economia[online],19/2020. Disponível em: http://journals.openedition.or/espacoeconomia/16368. Acesso em: 12 jul.2022. ISSN:2317-7837. DOI:10.4000/espacoeconomia.16368. DOI: https://doi.org/10.4000/espacoeconomia.16368

BORGES, I. M. S.; LIMA, C. A. O.; FERNANDES, A. C. G.; NUNES, E. A. C.; ALVES, Á. E. F.; NUNES, E. A. C.; NUNES, F. J. B.; ROCHA, A. L. S.;

JUNIOR, C. N. S.; & BATISTA, C. S.; O processo de urbanização e seus impactos ambientais na cidade de Fagundes, Paraíba: recortes históricos. Research, Society and Development, v. 9, n. 8, 2020. Disponivel em: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5196. Acesso em:10 jun.2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5196

CARDOSO, J. A.; AQUINO, C. M. S. Mapeamento dos conflitos de uso nas áreas de Preservação Permanente (APPs) da microbacia do riacho do Roncador, Timon (MA). Boletim Goiano de Geografia, vol.33, n.3, p.133-148,2013. Disponível em: http://www.redaly.or/articulo.oa?id=337128886009. Acesso em 13 ago.2022. DOI: https://doi.org/10.5216/bgg.v33i3.27338

CAMPOS, S., SILVEIRA, G. R. P.; PISSARRA, T. C. T.; CAMPOS, M.; TRAFICANTE, P. D.; FELIPE, A. C.; SILVA, H. A. S.; GARCIA. Y. M.; FERREIRA, L. T. L.; LEAL, I. S. S.; DI TORO, A. P. S.G. D.(2012). Geoprocessamento aplicado na espacialização do conflito do uso e ocupação do solo em áreas de preservação permanente da microbacia do Ribeirão Santo Antônio, São Manuel (SP). Águas Subterrâneas. Disponivel em: https://aguassubterraneas.abas.org/asubterraneas/article/view/27602. Acesso em 16 jun.2022. DOI: https://doi.org/10.51497/reflex.0000053

FEITOSA, S. M. R.; GOMES, J. M. A.; NETO, J. M. M.; ANDRADE, C. S. P. Consequências da urbanização na vegetação e na temperatura da superfície de Teresina-Piauí. REVSBAU, Piracicaba -SP, v.6, n2, p.58-75, 2011. DOI: https://doi.org/10.5380/revsbau.v6i2.66395

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICAS (IBGE) Classificação e caracterização dos espaços rurais e urbanos do Brasil: uma primeira aproximação / IBGE, coordenação de Geografia. – Rio de Janeiro: IBGE, 2017. 84p. - (Estudos e pesquisas. informação geográfica, n. 11). ISSN 1517-1450. Acesso em 15 set.2022

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico de 2010. Características da população e domicílios. Resultados do universo. Rio de Janeiro: IBGE, 2010, 270 p. ISSN - 1676-4935 (CD-ROM). ISSN - 0104-3145 (meio impresso). Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/93/cd_2010_caracteristi

cas_populacao_domicilios.pdf. Acesso em 15 set.2022.

MAZIERO, C.; CAMPOS, J. R. R.; MELLO, N. A.; GODOY, C. M. T.; Expansão urbana do município de são Miguel do oeste- SC, num contexto geomorfológico. Research, Society and Development, v. 10, n. 14, e300101421870,2021. Disponível em: http://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21870. Acesso em 01 ago.2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v10i14.21870

MORAIS, L. M. F. A. Expansão urbana e qualidade ambiental no litoral de João Pessoa -PB. 2009. 88p. (Dissertação de Mestrado), Departamento de Geografia, UFPB, João pessoa, PB, 2009.

OLIVEIRA, A. B.; NASCIMENTO, A. A. Atores e impactos na reestruturação do espaço urbano de Imperatriz- MA: observações a partir da implantação da Suzano Papel e Celulose (2008-2015). Espaço e economia [ONLINE], 13, 2018. Disponível em: http://journals.openedition.org/espacoeconomia/4281.Acesso em: 04 ago.2022. DOI: 10.4000/espacoeconomia.4281 DOI: https://doi.org/10.4000/espacoeconomia.4281

PINO, F. A. Tamanho das culturas agrícolas no Estado de São Paulo no início do século XXl. Informações Econômicas, SP, v.46, n.1 jan./fev.2016. Disponível em: http://www.iea.sp.gov.br/ftpiea/publicacoes/ie/2016/tec3-0216.pdf. Acesso em 10 ago./2022.

RELATÓRIO DE SITUAÇÃO 2020 – ano base 2019. Comitê da bacia hidrográfica do Tietê batalha. SECRETARIA EXECUTIVA DO CBH-TB. www.comitetb.sp.gov.br. Disponível em :https://www.comitetb.sp.gov.br/documentos/. Acesso em: 03 jun.2022.

RODRIGUES, G. A., FERRAREZI, L. A. & BOVÉRIO, M. A. Metodologia para determinação da abundância de árvores urbanas utilizando recursos de geotecnologias de acesso livre. Journal of Biotechnology and Biodiversity, v.8 n.3 (2020) 172-178. Acesso em 02 jul.2022. DOI: https://DOI.ORG/10.20873 DOI: https://doi.org/10.20873/jbb.uft.cemaf.v8n3.rodrigues

ROMA, C.M.A Expansão da cana-de-açúcar e do seu outro. Geografia em questão, v.4, n.1,2011, p.95-111. Disponível em https://e-revista.unioeste.br/index.php/geoemquestao/article/download/4570/3685/17445. Acesso em 01 ago.2022. ISSN2178-0234

TUNDISI, J. G.; MATSUMURA-TUNDISI, T.; PARESCHI, D. C.; LUZIA, VON HAELING, PAULO & FROLLINI, E. H. A bacia hidrográfica do Tietê/Jacaré: estudo de caso em pesquisa e gerenciamento. ESTUDOS AVANÇADOS 22 (63), 2008, p. 159-172. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ea/a/RF98RvHQzCkqY6BN3c6h7YQ/?lang=pt&format=pdf .Acesso em 05 jun.2022. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-40142008000200010

VIANNA, M. A.; As transformações no espaço rural no município de Seropédica-RJ nas últimas décadas. Espaço e economia [ONLINE],19, 2020. Disponível em: https://journals.openedition.org/espacoeconomia/16651Acesso em 07 jul.2022. DOI: http://doi.org/10.4000/espacoeconomia.16651 DOI: https://doi.org/10.4000/espacoeconomia.16651

Downloads

Publicado

20/12/2022

Como Citar

NASCIMENTO DE LIMA, A.; RODRIGUES, G. A.; GALATTI, K. C.; BOVÉRIO, M. A.; FERRAREZI JÚNIOR, E. .; CARLETO, N. EXPANSÃO URBANA NO DISTRITO DE JURUPEMA, MUNICÍPIO DE TAQUARITINGA-SP, COM O USO DE GEOTECNOLOGIA. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 80–92, 2022. DOI: 10.31510/infa.v19i2.1462. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/1462. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática

Métricas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 6 7 > >>