A COMUNICAÇÃO DE MARCA E O PÚBLICO INFANTIL

a influência de anúncios publicitários e ações mercadológicas no cotidiano de crianças e adolescentes

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i2.967

Palavras-chave:

Comunicação de marca, Exposição de mídia, Adolescentes

Resumo

Se as marcas comerciais se tornarem conhecidas o mais cedo possível, elas podem se destacar frente aos concorrentes e terem mais oportunidades de serem lembradas desde a infância até a vida adulta. Posto desta forma, este estudo procura avaliar o impacto das comunicações de marcas no cotidiano de crianças e adolescentes, averiguando se anúncios e outras ações mercadológicas influenciam as escolhas destes jovens e potenciais consumidores. Para isso, o estudo avalia teoricamente as dificuldades de se impedir que as crianças e adolescentes sejam expostas à inúmeras propagandas, pois mesmo com certas regulamentações, elas permanecem muito tempo conectadas à Internet, muitas vezes sem o devido monitoramento de pais ou responsáveis. Depois, a fim de verificar a problemática na prática, apresenta uma pesquisa quantitativa, em que 100 crianças e adolescentes respondem a perguntas quanto a seus hábitos de consumo e a influência das marcas. O que se percebe, a partir deste estudo, é que essa exposição, tão cedo às marcas, exerce influência direta nos hábitos e escolhas destes jovens, podendo ser prejudicial em muitos casos, visto a enorme quantidade de ofertas e conteúdo dos mais variados tipos que os alcançam todos os dias, sobretudo pelo universo on-line.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CETIC.BR. TIC Kids Online Brasil 2020. Cetic.br, 2020. Disponível em: < https://bit.ly/3c1QzL2 >. Acesso em: 16 set. 2020.

COSTA, Joan. A imagem da marca: um fenômeno social. São Paulo: Edições Rosari, 2011.

DATASENADO. Redes Sociais, Notícias Falsas e Privacidade de Dados na Internet. DataSenado: Brasília, 2019. Disponível em: < https://bit.ly/3crk3Sa >. Acesso em: 15 set. 2020.

DEL VECHIO, Gustavo H. Conexão emocional entre marcas e clientes: análise de confiabilidade no mercado comercial. Tese de Doutorado. São Bernardo do Campo: Universidade Metodista de São Paulo, 2018.

HOOTSUITE. We are social: digital 2020. Hootsuite, abr. 2020. Disponível em:< https://bit.ly/35QrY8V >. Acesso em: 15 set. 2020.

LINDSTROM, Martin. Brandwashed: o lado oculto do marketing. São Paulo: HSM Editora, 2012.

PEREZ, Clotilde. Signos da marca: expressividade e sensorialidade. 2 ed. São Paulo: Cengage Learning, 2016.

PNAD Contínua TIC 2017: Internet chega a três em cada quatro domicílios do país. IBGE, 22 dez. 2018. Disponível em: < https://bit.ly/3eUtWtc >. Acesso em: 15 set. 2020.

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 25 ed. Rio de Janeiro: Record, 2015.

SEMPRINI, Andrea. A marca pós-moderna: poder e fragilidade da marca na sociedade contemporânea. 2 ed. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2010.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

SANTOS PARREIRA, B. . dos; NOGUEIRA, B. M.; DEL VECHIO, G. H. A COMUNICAÇÃO DE MARCA E O PÚBLICO INFANTIL: a influência de anúncios publicitários e ações mercadológicas no cotidiano de crianças e adolescentes. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 917-929, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i2.967. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/967. Acesso em: 16 abr. 2021.

Edição

Seção

Tecnologia em Comunicação