ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICA NA PRODUÇÃO DE CACHAÇA ARTESANAL

Autores

  • Wesley Rodrigues Stech Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Marcos Alberto Claudio Pandolfi Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil

Palavras-chave:

Cachaça, Etapas de produção, Cana-de-açúcar, Viabilidade

Resumo

A produção de aguardente de cana no Brasil teve início no período colonial, logo após a introdução da cana-de-açúcar, a aguardente deste é a segunda bebida alcoólica mais consumida no Brasil, o presente artigo tem como objetivo estudar a viabilidade econômica da produção de cachaça em sistema artesanal, sem uso de processos industriais. A procura pela cachaça artesanal vem crescendo, um mercado que em 2016 cresceu 7% a cachaça é segunda bebida mais vendida no brasil só perde para cerveja. Cada vez mais as pessoas estão buscando cachaça artesanal que se tornou uma bebida sofisticada sendo degustada em bares restaurantes e cachaçarias em todo o Brasil. Após levantamento dos custos e projetando cenários de receita chega-se à conclusão que o projeto é viável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

APAR - Associação Pernambucana dos Produtores de Aguardente de Cana e Rapadura. Site. Disponível em: < http://www.cachacasdepernambuco.com.br/ >. Acesso em: 18 ago. 2018.
FILHO, W.P. Informe Agropecuário: Cana-de-açúcar, EPAMIG. Produção de cachaça de alambique; p 82-96; v28- n239- jul./ago.2007.
IBRAC – Instituto Brasileiro da Cachaça. Site. 2013. Disponível em: < http://www.ibrac.org.br/ >. Acesso em: 11 ago. 2018.
JÚNIOR, F.L.C; PAIVA, B.M e ESTANISLAU, M.L.L, Informe Agropecuário: Agronegócio da cachaça, EPAMIG. Evolução do mercado de cachaça nos anos 2000; p7-14; v30-n248- jan./fev. 2009
MONTEIRO, Felipe da Silva, Registro da produção de Cachaça Artesanal. Universidade Federal de Viçosa, 2016. Disponível em: <http://www.agn.ufv.br/wp-content/uploads/2017/08/TCC_Filipe-Monteiro_-Projeto-t%C3%A9cnico-de-cacha%C3%A7a-artesanal..pdf >. Acesso em 10 ago. 2018.
OLIVEIRA, D. de P. R. de. Planejamento estratégico: conceitos, metodologia e prática. 25. ed. São Paulo: Atlas, 2004.
Resíduos do Alambique; Disponível em:< http://www.sitedacachaca.com.br/residuos-do-alambique/>. Acesso em 10 ago. 2018.
SEBRAE (2005). Boletim Estatístico de Micro e Pequenas Empresas. Brasília: Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas.
SEBRAE. Indicadores da Mortalidade das MPEs Paulistas. Região Metropolitana de São Paulo. Pesquisas Econômicas, São Paulo - SP, dez. 1998a. (Relatório Preliminar).
SEBRAE. Números Da Cachaça No Brasil. Disponível em:< http://www.sebraemercados.com.br/numeros-da-cachaca-no-brasil/>. Acesso em 20 ago. 2018.
TRINDADE, A. G. Cachaça: um Amor Brasileiro. São Paulo: Editora melhoramentos, 2003. 157 p.
WATANABE, M.; SANCHES W. C. Análise de viabilidade econômica na produção artesanal de aguardente de cana-de-açúcar em pequenas e médias propriedades rurais. In: Congresso da SOBER, XLIII, 2005, São Paulo.

Publicado

30/06/2019

Como Citar

STECH, W. R.; PANDOLFI, M. A. C. ESTUDO DE VIABILIDADE ECONÔMICA NA PRODUÇÃO DE CACHAÇA ARTESANAL. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 360-369, 2019. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/547. Acesso em: 27 out. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Agronegócio