O IMPACTO DE UM SISTEMA SUPERVISÓRIO NO GERENCIAMENTO DA MANUTENÇÃO

um estudo de caso em uma indústria alimentícia

Autores

  • Antonio Marcos Roncoli Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Carlos Roberto Regattieri Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v15i2.526

Palavras-chave:

Supervisório, automação, manutenção

Resumo

Este artigo tem como objetivo destacar a eficácia de um gerenciamento preciso em um processo produtivo através de um sistema supervisório e seu apoio para tomadas de decisões. Por meio de uma pesquisa bibliográfica, foram levantados conceitos de gestão de manutenção, dos métodos e metodologias, mensurando e acompanhando a integração da manutenção no processo produtivo como um todo, para posteriormente análise dos indicadores que auxiliam na visão sistêmica e no gerenciamento de manutenção em um processo produtivo. Atualmente, com a evolução da automação, é possível captar dados e informações valiosas de um processo automatizado, algo facilmente encontrado nas empresas atuais, porém a interpretação e utilização desses dados é o diferencial em uma gestão eficaz. O artigo apresenta resultados de um estudo de caso baseado em um sistema supervisório, ilustrando seus benefícios no processo produtivo e a facilidade da tecnologia aplicada, os efeitos de um monitoramento eficiente em um processo automatizado e seu impacto na manutenção industrial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

CARRILHO, A. Introdução aos CLPs – Controladores Lógicos Programáveis. Disponível em: < http://aquarius.ime.eb.br/~aecc/Automacao/Controladores_Logicos_Programaveis.pdf>. Acesso em 24/09/16.

HATAKEYAMA, K.; LEITE, A. V. P. Automação industrial em um processo de injeção plástico. XXXIV XXXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, PR, 2014.

KARDEC, Allan; NASCIF, Júlio. Manutenção – Função estratégica. 4. Ed: Rio de Janeiro: Qualitymark Editora, 2013. 361p.

LIMA, C. R. C.; OLIVEIRA, M. R. de. Integração da manutenção na produção: Uma estratégia competitiva ou utopia?. XXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, PR, 2002.

MORAES, C. C. de; CASTRUCCI, P. L. Engenharia de automação industrial. 2.ed. Rio de Janeiro: LTC, 2007. 347p.

MOREIRA, P. M. B. Sistemas de supervisão e controle de estruturas. 2011. Disponível em:
<https://paginas.fe.up.pt/~ee06150/Documentos/RelatorioFinal_PDI_PedroMoreira.pdf> Acesso em: 21/02/2018

MOTT, A. O que são sistemas supervisórios? – Automação Industrial. 2013. Disponível em: < https://www.automacaoindustrial.info/o-que-sao-sistemas-supervisorios/#comments> Acesso em: 21/02/2018

PESSOA, M.; SPINOLA, M. Introdução à automação – para cursos de Engenharia e Gestão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014. 337 páginas.

ROSÁRIO, J. M. Automação industrial. São Paulo: Baraúna, 2009. 515 páginas.

SILVA, L. D. S.; RESENDE, A. A. de. Manutenção produtiva total (TPM) como ferramenta para melhoria da eficiência global de equipamento (OEE). XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Salvador, BH, 2013.

SILVEIRA, P. R. da; SANTOS, W. E. Automação e controle discreto. 9. Ed. São Paulo: Érica Ltda, 2007. 229 páginas.

SOUZA, R. B. Uma arquitetura para sistemas supervisórios industriais e suas aplicações em processo de elevação artificial do petróleo. Disponível em: < ftp://ftp.ufrn.br/pub/biblioteca/ext/bdtd/RodrigoBS.pdf> Acesso em: 21/02/2018

THOKEIN, R. Fundamentos de eletrônica digital. Rio de Janeiro: AMHG Editora, 2013. 274 páginas.

Downloads

Publicado

30/12/2018

Como Citar

RONCOLI, A. M.; REGATTIERI, C. R. O IMPACTO DE UM SISTEMA SUPERVISÓRIO NO GERENCIAMENTO DA MANUTENÇÃO: um estudo de caso em uma indústria alimentícia. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 15, n. 2, p. 527–538, 2018. DOI: 10.31510/infa.v15i2.526. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/interfacetecnologica/article/view/526. Acesso em: 29 set. 2022.

Edição

Seção

Pós-Graduação em Gestão da Produção Industrial

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2