[1]
L. R. Wagner, “PORTUGUÊS: O ESTRANHO DIALETO JURÍDICO”, INFA, vol. 5, nº 1, p. 161-170, jul. 2008.