II SEMANA DA MELHOR IDADE DA FATEC TAQUARITINGA

RELATO DE ATIVIDADES

  • Patrícia Gonçalves Primo Lourençano Docente da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga e Coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Daniela Gibertoni Docente da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga e Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Engenharia de Software - GPES
  • Ana Teresa Colenci Trevelin Docente da Faculdade de Tecnologia de São Carlos e Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Educação Tecnológica - GPET
Palavras-chave: Qualidade de Vida, Saúde, Envelhecimento, Recreação

Resumo

Dados da Organização Mundial da Saúde (2005) apontam que o Brasil terá uma população de aproximadamente trinta milhões de pessoas com sessenta anosou mais em pouco tempo. Estas pessoas merecerem atenção especial, de forma a gozar de boa saúde, ter alegria de viver, e um máximo de vida ativa. As Instituições Públicas exercem papel fundamental na tarefa de auxiliar o acesso à saúde a essa faixa da população, além de serviços, voltados ao lazer, cultura, atividades físicas, permitindo que a esperança e autoestima permeiem a vida de quem já deu muito de si, ao longo dos anos, à comunidade e à sua família. A Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga, através de um grupo de professores apoiados pela direção e pela prefeitura da cidade teve por objetivo cumprir esse papel. O trabalho que ora se apresenta teve como objetivo realizar uma semana dinâmica envolvendo faculdade e sociedade, ou seja, o corpo docente e funcionários da Fatec e também o público inscrito, além de convidados como médicos, dentistas, nutricionistas da cidade visando uma integração entre a FatecTQ e sociedade taquaritinguense. Por meio de cursos e palestras buscou-se orientar
com relação à educação financeira e propiciar cursos de artesanato, bonsai e horta em casa que pudessem servir como fonte de renda e recreação; curso de informática no intuito de inserir o idoso no meio tecnológico. O referido trabalho ofereceu palestras educativas e instrutivas que incentivaram a autonomia e independência das pessoas na terceira idade, a prevenção do câncer de colo de útero, orientou sobre a alimentação do idoso, e informou sobre os problemas articulares e de saúde dos pés. Os resultados apresentados apontam uma grande satisfação dos participantes que pediram novos eventos.

Como Citar
LOURENÇANO, P.; GIBERTONI, D.; TREVELIN, A. II SEMANA DA MELHOR IDADE DA FATEC TAQUARITINGA. Revista Interface Tecnológica, v. 11, n. 1, p. 106-119, 11.
Seção
Tecnologia em Comunicação