CIDADES INTELIGENTES

casos e perspectivas para as cidades brasileiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i2.915

Palavras-chave:

Cidades Inteligentes., Big Data., Internet das Coisas., Comunicação.

Resumo

Com o advento das cidades inteligentes, é cada vez mais visado manter a qualidade de vida de seus habitantes positivas, aperfeiçoando serviços urbanos e a infraestrutura. Seus maiores aliados para esse processo é a tecnologia e as áreas de comunicação, junto com plataformas para facilitar a integração entre diversas aplicações para tornar o meio urbano mais inteligente. Algumas áreas, como IoT e Big Data são de suma importância para formação dessa estrutura, entendê-los também auxilia em como toda essa rede pode ser interligada e como todos os dados obtidos podem ser armazenados e processados para se tornarem informações, com utilidades para melhoria e desenvolvimento da cidade. Assim, foi dissertado sobre os temas de maneira suscinta e explicativa para entender a fundo cada recurso de uma cidade, exemplos de cidades que adotaram esse método de inteligência e métricas utilizadas para aplicação desses recursos nos centros urbanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOUSKELA, M.; CASSEB, M.; BASSI, S.; LUCA, C. D.; FACCHINA, M. Caminho para as smart cities: da gestão tradicional para a cidade inteligente. BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento. 2016.

BRAZILLAB. Ranking Connected Smart Cities 2020 aponta São Paulo como a cidade mais inteligente do país. set. 2020. Disponível em: https://brazillab.org.br/noticias/ranking-connected-smart-cities-2020-aponta-sao-paulo-como-a-cidade-mais-inteligente-do-pais#. Acesso em: 01 out. 2020.

CONNECTED SMART CITIES. Ranking Connected Smart Cities 2020. 2020. Disponível em: http://ranking.connectedsmartcities.com.br/resultados.php. Acesso em: 01 out. 2020.

ENOMURA, B. Y. Big Data: a era dos dados grandes já chegou. Revista Super Interessante, Santa Catarina, p. 7, jul. 2014. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/125595/BIG%20DATA%20-%20Superinteressante.pdf?sequence=1. Acesso em: 22 jun. 2020.

EVANS, D. A Internet das Coisas: Como a próxima evolução da Internet está mudando tudo. abr. 2011. Disponível em: https://www.cisco.com/c/dam/global/pt_br/assets/executives/pdf/internet_of_things_iot_ibsg_0411final.pdf. Acesso em: 15 jun. 2020.

EXATI. ISO 37122: a resolução das cidades inteligentes. out. 2019. Disponível em: https://blog.exati.com.br/iso-37122-a-resolucao-das-cidades-inteligentes/. Acesso em: 28 set. 2020.

FARIAS, J. E. P.; ALENCAR, M.; LIMA, Í. A.; RAPHAEL, T. A. Cidades Inteligentes e Comunicações. Revista de Tecnologia da Informação e Comunicação. n. 1. 28-32. out. 2011. Disponível em: http://rtic.com.br/index.php/rtic/article/view/7/6. Acesso em: 20. jun. 2020.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOMYDE, A. As cinco camadas das cidades inteligentes. Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas. RBCIH, 2019. Disponível em: https://redebrasileira.org/materias/3324/as-cinco-camadas-das-cidades-inteligentes. Acesso em: 28 set. 2020.

KON, F.; SANTANA, E. F. Z. Cidades Inteligentes: Conceitos, Plataformas e desafios. JAI - Jornada de Atualização em Informática. CSBC, 2016. Disponível em: https://interscity.org/assets/JAI2016-CidadesInteligentes.pdf. Acesso em: 19 jun. 2020.

LEMOS, A. Cidades inteligentes. GV Executivo, [S.l.], v. 12, n. 2, p. 46-49, abr. 2013. ISSN 1806-8979. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/gvexecutivo/article/view/20720. Acesso em: 01 jun. 2020.

LÉVY, P. As Tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Tradução: Carlos Irineu da Costa. 1. ed. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993.

LONG, C.; TALBOT, K. Data spience & big data analytics: discovering, analyzing, visualizing and presenting data. Indianapolis: Estados Unidos. EMC Education Services. 2015.

MAGRANI, E. A internet das coisas. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2018.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: 5.ed. Atlas, 2003.

MARQUESONE, R. Big Data: Técnicas e Tecnologias para extração de valor dos dados. São Paulo: Casa do Código, 2017.

ORACLE BRASIL. O que é Big Data? Disponível em: https://www.oracle.com/br/big-data/what-is-big-data.html. Acesso em: 07 dez. 2020.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2.ed. Novo Hamburgo, RS: Feevale, 2013. E-book.

WEISS, M. C.; BERNARDES, R. C.; CONSONI, F. L. Cidades Inteligentes: Casos e Perspectivas Para as Cidades Brasileiras. Americana, set. 2017. Disponível em: https://fatecbr.websiteseguro.com/revista/index.php/RTecFatecAM/article/view/137. Acesso em: 01 out. 2020.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

BARTH DE LIMA, M. R.; BRINO, G.; BAPTISTA CARDIA NETO, J. CIDADES INTELIGENTES: casos e perspectivas para as cidades brasileiras. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 180-192, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i2.915. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/915. Acesso em: 16 abr. 2021.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática