APRESENTAÇÃO DE MÉTODOS DE REAPROVEITAMENTO DE RESÍDUOS METÁLICOS NA INDÚSTRIA METALMECÂNICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i2.887

Palavras-chave:

Resíduos Sólidos, Gestão de Resíduos, Métodos de Reutilizaçao

Resumo

Este artigo apresenta pesquisas em questões dos resíduos sólidos gerados nas indústrias metalmecânica, e propõe medidas de reutilização e de descontaminação de resíduos para um descarte limpo. O objetivo é reduzir impactos ambientais relevantes aos seres humanos e ao meio ambiente. No Brasil, grandes quantidades de cavacos de usinagem são geradas anualmente pelas indústrias metalmecânica, cavacos de usinagem de aços e ferros fundidos são os mais importantes quanto ao volume em tonelagem envolvidos, e por isso podem trazer mais riscos ao meio ambiente quando não descartados ou reutilizados de forma correta. Desta forma, o presente trabalho propõe-se a orientar e disponibilizar ações informativas, como o processo de briquetagem, que possibilita a reutilização de diversos tipos de materiais, o processo de metalurgia do pó, que trata da reutilização do aço SAE 1020, e por fim, o processo de limpeza de cavacos contaminados, permitindo um descarte limpo de resíduos sem prejudicar o meio ambiente. Todas estas ações informativas possuem a intenção de trazer as empresas em foco na gestão de resíduos e possibilitar a obtenção de ganhos ambientais e de responsabilidade social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBIERI, Jose Carlos. GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL: conceitos, modelos e instrumentos. 4. ed. São Paulo: Saraiva, 2015. 337 p.

BRITO, Gonçalves de, Tarcísio. Publicado em 01/04/2014. CAMPUS VIII, VARGINHA - MG. INTRODUÇÃO A USINAGEM. Disponível em: https://docente.ifsc.edu.br/gianpaulo.medeiros/MaterialDidatico/Processos%20de%20Fabrica%C3%A7%C3%A3o%20I/Usinagem/Aula%205/conceitos%20de%20usinagem.pdf. Acesso em: 15 set. 2020.

GYOSHEV S. “Advanced Computing for High Speed Briquetting of Metal Chips and

Powders”, 2016.

INMETRO RESPOSABILIDADE SOCIAL, 8 de dezembro de 2010. Disponível em: http://www.inmetro.gov.br/qualidade/responsabilidade_social/iso26000.asp. Acesso em: 18 jun. 2020.

MATTIODA, Humberto Glaeser. BRIQUETAGEM DE CAVACO: implementação de projeto e análise econômica, organizacional e ambiental. 2018. 20 f. Monografia (Especialização) - Curso de Engenharia Mecânica, Departamento de Engenharia Mecânica, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018.

MELO, Almeida Marciano publicado 16/01/2012. O desenvolvimento industrial e o impacto no meio ambiente. Disponível em: https://www.boletimjuridico.com.br/artigos/direito-ambiental/2416/o-desenvolvimento-industrial-impacto-meio-ambiente. Acesso em: 16 mar. 2020.

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Linha do Tempo. 2010. Disponível em: https://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/residuos-solidos/politica-nacional-de-residuos-solidos/linha-do-tempo.html. Acesso em: 10 set. 2020.

MORAES, C. A. M, SIMON, L, VARGAS, M. Análise de Métodos de Reaproveitamento de Cavaco Metálico Contaminado Considerando Abordagens de Ecoeficiência e Ecoefetividade. Publicado maio 2015. Disponível em: http://www.advancesincleanerproduction.net/fifth/files/sessoes/4B/6/moraes_cam_et_al_academic.pdf. Acesso em: 15 set. 2020.

OLINTO, G, A (comp.). RECICLAGEM DE CAVACOS DE AÇO SAE 1020 VIA METALURGIA DO PÓ. 2008. Disponível em: https://www.academia.edu/7914277/reciclagem_de_cavacos_de_cavacos_viametalurgia_do_po. Acesso em: 01 abr. 2020.

PACO (org.). A importância da coleta de lixo industrial. 2017. Disponível em: http://grupopaco.com.br/blog/geral/importancia-da-coleta-de-lixo-industrial/. Acesso em: 16 mar. 2020.

PORTAL SÃO FRANCISCO. Lixo Industrial. 2016. Disponível em: https://www.portalsaofrancisco.com.br/meio-ambiente/lixo-industrial. Acesso em: 16 mar. 2020.

PRESSE. Oceanos terão mais plástico do que peixes em 2050, diz estudo. 2016. Disponível em: http://g1.globo.com/natureza/noticia/2016/01/oceanos-terao-mais-plasticos-do-que-peixes-em-2050-diz-estudo.html. Acesso em: 10 set. 2020.

RIBEIRO, Perla (comp.). Lixo produzido anualmente pelo Brasil encheria 206 estádios do Morumbi. 2017. Disponível em: https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/lixo-produzido-anualmente-pelo-brasil-encheria-206-estadios-do-morumbi/. Acesso em: 16 mar. 2020.

SILVA, Edna Lúcia da, MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação, 3ª edição revisada e atualizada. Florianópolis 2001, p.17, 20.

SILVEIRA, Evanildo da. N° Edição: 540 Texto: 20/08/2018. Mar de plástico. Disponível em: https://www.revistaplaneta.com.br/mar-de-plastico-2/. Acesso em: 12 mar. 2020.

TODAMATÉRIA (org.). Lixo Industrial. 2016. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/lixo-industrial/. Acesso em: 16 mar. 2020.

TECNOBRIQ Briquetadeiras. Fundação 1° de março de 2011. Disponível em: http://www.tecnobriq.com/empresa. Acesso em: 16. ago.2020.

WEBER, M, ECONOMIA E SOCIEDADE (Fundamentos da Sociologia compreensiva), VOLUME 2, editora UNB, São Paulo, 2004.p. 126.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

FRANCISCO, E. E.; OLIVEIRA, A. L. APRESENTAÇÃO DE MÉTODOS DE REAPROVEITAMENTO DE RESÍDUOS METÁLICOS NA INDÚSTRIA METALMECÂNICA. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 669-681, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i2.887. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/887. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Tecnologia em Produção Industrial