A EVOLUÇÃO DAS INDÚSTRIAS, OS BENEFÍCIOS DA AUTOMAÇÃO E AS PERSPECTIVAS DO MERCADO DA ROBÓTICA NO BRASIL E NO MUNDO

Autores

  • Jessica Aparecida Fenerick Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga - SP – Brasil
  • Carlos Rodrigo Volante Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga - SP – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i1.805

Palavras-chave:

Automação, Indústrias, Robô

Resumo

Este artigo é um estudo de como as indústrias evoluíram desde o início da revolução industrial e como o mercado da robótica é distribuído pelo mundo, tal como, quais setores se destacaram em instalação no Brasil. A revolução industrial iniciada no século XVIII foi de extrema importância para o capitalismo, economia, evolução das tecnologias e para invenções que foram surgindo. As novas tecnologias geram grandes impactos no ambiente industrial, podendo assim gerar benefícios e modificações na mão de obra, e ao aderirem essas novas tecnologias as empresas buscam aumentar a eficiência e eficácia em seus processos, e consequentemente, aumentam a segurança dos operários pois, diminui o contato direto e os movimentos repetitivos. Portanto este artigo foi elaborado com o objetivo de demonstrar como as indústrias evoluíram, os benefícios da automação e as perspectivas do mercado da robótica. O número de robôs pelo mundo vem crescendo muito e as potências mundiais se destacam pela quantidade produzida e instalada, a participação do Brasil nesse cenário é evidenciada pelo quanto ainda precisará evoluir para alcançar os países mais evoluídos em tecnologias e por fim discutir seus benefícios. Foi utilizada a pesquisa bibliográfica qualitativa a partir de coleta de dados obtidos em livros e artigos científicos por meios eletrônicos. Os resultados do trabalho apontam que o investimento da automação é de grande vantagem para as indústrias, pois aumentam a produtividade, qualidade e segurança do operário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

MAHMUD, Dimitri Alli. O uso de robótica educacional como motivação a aprendizagem de matemática. Macapá. 2017. Disponível em: <https://www2.unifap.br/matematica/files/2017/07/O-USO-DE-ROB%C3%93TICA-EDUCACIONAL-COMO-MOTIVA%C3%87%C3%83O-A-APRENDIZAGEM-DE-MATEM%C3%81TICA.pdf > Acesso em: 21 de ago. 2019.
ESALENG. Unisalesiano. São Paulo. 2017. Disponível em: <https://unisalesiano.com.br/wp-content/uploads/2018/05/Revista_eSaleng_edicao_3.pdf > Acesso em: 27 de ago. 2019.
GAMERO, Isis. Robôs industriais: tudo o que você precisa saber! Pollux. 2018. Disponível em:< https://www.pollux.com.br/blog/robos-industriais-tudo-o-que-voce-precisa-saber/ > Acesso em: 15 de ago. 2019.
MASULO, Adilson Donizeti; CARDOSO, Vivian Monique Silva. Protótipo robô para linhas de processo. São Paulo. 2012. Disponível em: < http://biblioteca.univap.br/dados/000005/00000534.pdf> Acesso em: 15 de ago. 2019.
GARCIA, Rafael Valério. Projeto de robô manipulador com cinco graus de liberdade controlados via interface gráfica e comunicação serial. São Paulo. 2013. Disponível em: <http://robotica.ufscar.br/~roberto/tccs/garcia2013/garcia2013-tcc> Acesso em: 27 de ago.2019
AMARAL, Carina de Carvalho. A evolução do capitalismo (da revolução industrial até os dias atuais). Rio de Janeiro. 2010. Disponível em: < http://www.itr.ufrrj.br/portal/wp-content/uploads/biblioteca/tcc/T30.pdf> Acesso em: 16 de ago. 2019.
OLIVEIRA, Elisângela Magela. Transformações no mundo do trabalho, da revolução industrial aos nossos dias. 2004. Disponível em:< file:///C:/Users/g/Downloads/15327-Texto%20do%20artigo-58099-1-10-20060809%20(2).pdf> Acesso em: 16 de ago. 2019.
SILVA, Márcia Cristina Amaral da; GASPARIN, João Luiz. A segunda revolução industrial e suas influências sobre a educação escolar brasileira. Paraná. 2006. Disponível em: < http://www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_histedbr/seminario/seminario7/TRABALHOS/M/Marcia%20CA%20Silva%20e%20%20Joao%20L%20Gasparin2.pdf> Acesso em: 16 de ago. 2019.
DATHEIN, Ricardo. Inovação e revoluções industriais: uma apresentação das mudanças tecnológicas determinantes nos séculos XVIII e XIX. Rio Grande do Sul. 2003. Disponível em:< https://lume-re-demonstracao.ufrgs.br/artnoveau/docs/revolucao.pdf > Acesso em: 16 de ago. 2019.
CUOGO, Francisco Coelho. O reflexo da terceira revolução industrial na sociedade informacional e sua relação com a educação a distância. Rio Grande do Sul. 2012. Disponível em: <http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/2832/Monografia_UNIJUI_Francisco.pdf?sequence=1> Acesso: 16 de ago. 2019.
CORREIA, Vitor Costa Antonelli. Um estudo sobre o impacto da robótica colaborativa na produtividade em tarefas manuais. São Paulo. 2018. Disponível em: <file:///C:/Users/g/Downloads/Correia_Vitor_tcc%20(1).pdf > Acesso em: 21 de ago. 2019.
Indústria instala 1,5 mil robôs por ano. Época negócios. 2017. Disponível em:< https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2017/08/epoca-negocios-industria-instala-15-mil-robos-por-ano.html > Acesso em: 28 de ago. 2019.
Brasil perde a corrida da automação industrial. Valor econômico. 2019. Disponível em:< https://www.valor.com.br/brasil/6368169/brasil-perde-corrida-da-automacao-industrial> Acesso em: 28 de ago. 2019.
SANTOS, Ronaldo Trainotti; CARDOSO, Ulisses da Silva; SIQUEIRA, Desireê; MIRANDA, Ariano de Albuquerque; QUINTINO, Luis Fernando; OLIVEIRA, Wesley Barbosa de; COELHO, Marcel Tavares. Manipulador robótico scara na indústria: estudo de caso em sistema de paletização de fármacos. 2016. Disponível em: <https://semanaacademica.org.br/system/files/artigos/artigo_semana_academica_-_revisado.pdf > Acesso em: 29 de jun. 2019.
MORAIS, Diones Ferreira de; CASTANHEIRA, dr. Nelson Pereira; SAKOVICZ, Reginaldo; PINO, Sandra Regina. Estudo para viabilização da automação de uma célula de usinagem de bielas automotivas, com a implementação da robótica: estudo de caso. 2014. Disponível em:< file:///C:/Users/g/Downloads/estudo-para-viabilizacao-da-automacao-de-uma-celula-de-usinagem-de-bielas-automotivas-com-a-implementacao-da-robotica-estudo-de-caso.pdf > Acesso em: 29 de jun. 2019.
TAUCITA, Fabrício de Mello; SANTOS, Pâmela Marcélia de Siqueira; ALMEIDA, Valquíria de. Presença de robôs de pintura na indústria automotiva. 2013. Disponível em: <https://www.aedb.br/wp-content/uploads/2015/05/6640.pdf > Acesso em: 08 de jul. 2019.
O pai da revolução industrial. Historiazine. Disponível em: < https://historiazine.com/o-pai-da-revolu%C3%A7%C3%A3o-industrial-27974a252ced> Acesso em: 14 de ago. 2019.
Primeira revolução industrial. Educa mais Brasil. Disponível em: < https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/historia/primeira-revolucao-industrial> Acesso em: 14 de ago. 2019.
MATOS, Jhonata de Souza. A indústria 4.0 na economia brasileira: seus benefícios, impactos e desafios. Minas Gerais. 2018 Disponível em:< https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/23894/1/Ind%C3%BAstriaEcnomiaBrasileira.pdf > Acesso em: 29 de ago. 2018.
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo. Editora Atlas, 2002.

MAGALHÃES, Regina; VENDRAMINI, Annelise. Os impactos da quarta revolução industrial. V. 17 N.1. Gvexecutivo. 2018. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/gvexecutivo/article/viewFile/74093/71080 Acesso em 12 de Jan. 2020
Robótica reduz tempo de produção na indústria do plástico. Mundo do plástico. 2020. Disponível em: https://mundodoplastico.plasticobrasil.com.br/gest-o/rob-tica-reduz-tempo-de-produ-o-na-ind-stria-do-pl-stico Acesso em: 12 de jan. 2020

Publicado

04/08/2020

Como Citar

FENERICK, J. A.; VOLANTE, C. R. A EVOLUÇÃO DAS INDÚSTRIAS, OS BENEFÍCIOS DA AUTOMAÇÃO E AS PERSPECTIVAS DO MERCADO DA ROBÓTICA NO BRASIL E NO MUNDO. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 734-745, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i1.805. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/805. Acesso em: 1 out. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Produção Industrial