MIGRAÇÃO DE PARTES DE UMA APLICAÇÃO DESKTOP PARA O FORMATO DE API REST

estudo de caso

Autores

  • Victor Hugo Manduca Rizo Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – São Paulo – Brasil
  • Felipe do Espírito Santo Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) – Taquaritinga – São Paulo – Brasil https://orcid.org/0000-0002-0576-614X

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i1.773

Palavras-chave:

Migração de sistemas, REST, MVC

Resumo

Anos atrás, era comum desenvolvermos sistemas baseados na arquitetura de dois tiers para sistemas Desktop, porém muito se evoluiu através do tempo, de avanços tecnológicos a processuais, além da demanda do mercado por aplicações que fossem mais performáticas, com melhor usabilidade, maior quantidade de profissionais para atender a demanda e com custo reduzido para desenvolver e manter a mesma. Percebeu-se que, com o avanço da tecnologia, que os sistemas Desktop não forneciam uma abrangência necessária para atender grandes quantidades de usuários, afetando a disseminação dos sistemas desenvolvidos. Porém, com a chegada da Web, houve uma massiva quantidade de adeptos a esse novo formato de desenvolvimento, uma vez que qualquer pessoa poderia se conectar na rede e acessar a aplicação de qualquer lugar, o que contribuiu também para disseminar o conhecimento sobre essas tecnologias. O paradigma qualitativo orientou essa investigação e a metodologia de pesquisa utilizada para a coleta de dados deste trabalho foi o estudo de caso da migração parcial de um sistema Desktop para a Web de uma empresa de automação comercial na região de Ribeirão Preto, São Paulo. Este artigo visa abordar as vantagens de uma migração, mesmo que parcial, do sistema Desktop para sistema Web, utilizando as arquiteturas MVC e Rest, apresentando suas características e seu impacto nos produtos desenvolvidos pelas organizações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, R. A. Z. de. Sistema desktop para gerenciamento de culturas agrícolas. 2015. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2015.
BERENGUEL, A. L. A. et al. Arquitetura AAA em sistemas Web baseados em REST. 2008. Disponível em: <http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/24592>. Acesso em: 06 fev. 2020.

CARVALHO, V. Mysql come com o principal banco de dados open source do mercado. Vila Mariana: Casa do Código, 2015.

DEVELOPER SURVEY RESULTS 2019. Stack Overflow. [S.l.]. 2019. Disponível em: < https://insights.stackoverflow.com/survey/2019 >. Acesso em: 16 dez. 2019.

DEVELOPER SURVEY RESULTS 2016. Stack Overflow. [S.l.]. 2016. Disponível em: < https://insights.stackoverflow.com/survey/2016 >. Acesso em: 04 de fev. 2020.

FERREIRA​, W. O.; KNOP​, I. O.. Estruturação de Aplicações Distribuídas com a Arquitetura REST. 2016. Disponível em: <https://seer.cesjf.br/index.php/cesi/article/view/812>. Acesso em: 10 fev. 2020.

FIELDING, Roy T. Architectural Styles and the Design of Network-based Software Architectures. 2000. 162 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Information And Computer Science, University Of California, Irvine, 2000. Disponível em: <https://www.ics.uci.edu/~fielding/pubs/dissertation/top.htm>. Acesso em: 08 fev. 2020.

FURQUIM, A.; FURQUIM, M. Principais características e diferenças entre sistemas SIG desktop e SIG web. Esteio, 2008. Disponível em: < https://www.esteio.com.br/downloads/pdf/SIG-Desktop_e_SIG-Web.pdf >. Acesso em: 11 jan. 2020.

KUMAR, S.; DALAL, S.; DIXIT, V. THE OSI MODEL: OVERVIEW ON THE SEVEN LAYERS OF COMPUTER NETWORKS. International Journal Of Computer Science And Information Technology Research. [s. I.], p. 461-466. jul. 2014.

LISBOA FILHO, J.; IOCHPE, C. Um Estudo sobre Modelos Conceituais de Dados para Projeto de Bancos de Dados Geográficos. Ip-informática Pública, Belo Horizonte, p.67-90, dez. 1999.

LUNELLI, Pâmela A.; MENDONÇA, André Luiz A. de; DELAZARI, Luciene S. MIGRAÇÃO DE ATLAS ELETRÔNICO EM AMBIENTE DESKTOP PARA AMBIENTE WEB. Iv Simpósio Brasileiro de Ciências Geodésicas e Tecnologias da Geoinformação, Recife, p.1-7, maio 2012.

MOOGK, Dobrila R. Minimum Viable Product and the Importance of Experimentation in Technology Startups: Technology Innovation Management Review. Echnology Innovation Management Review, Ottawa, v. 2, n. 3, p.23-26, Mar. 2012. Disponível em: <https://timreview.ca/article/535>. Acesso em: 04 fev. 2020.

OPENJS FOUNDATION. About Node.js. Disponível em: <https://nodejs.org/en/about/>. Acesso em: 17 fev. 2020.

PEZZOTTI, R.Com 3,9 bilhões de usuários no mundo, o que acontece na web em um minuto. UOL. São Paulo, abr. 2019. Disponível em: < https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/04/01/com-39-bilhoes-de-usuarios-no-mundo-o-que-acontece-na-web-em-um-minuto.htm >. Acesso em: 16 dez. 2019.

POPPENDIECK, M.; POPPENDIECK, T. Implementando o Desenvolvimento Lean de Software: Do conceito ao dinheiro. Porto Alegre: Bookman, 2011.

SILVEIRA, P. et al. Introdução à Arquitetura e Design de Software: Uma visão sobre a plataforma Java. Vila Marina: Elsevier, 2011.

SOMMERVILLE, I. Engenharia de Software. 9. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil Ltda., 2013.

W3C. Terms. 1995. Disponível em: <https://www.w3.org/MarkUp/html-spec/html-spec_2.html#SEC2>. Acesso em: 08 fev. 2020.

Publicado

04/08/2020

Como Citar

RIZO, V. H. M.; ESPÍRITO SANTO, F. do. MIGRAÇÃO DE PARTES DE UMA APLICAÇÃO DESKTOP PARA O FORMATO DE API REST: estudo de caso. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 118-128, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i1.773. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/773. Acesso em: 1 out. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática