INDICADORES DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

um estudo de caso da gestão estratégica impactando nos resultados corporativos do ramo de equipamentos agrícolas

Autores

  • Eduardo Vinicius Cardoso Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) - Taquaritinga – São Paulo – Brasil
  • Carlos Roberto Regattieri Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (Fatec) - Taquaritinga – São Paulo – Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i1.761

Palavras-chave:

manutenção, indicadores, gestão de processos, molhoria contínua

Resumo

O cenário industrial exige mudanças constantes e aplicação de tecnologias não apenas na área operacional, mas também nos processos gerenciais. Com a chegada da indústria 4.0 e a necessidade de máquinas confiáveis para garantir alta produtividade, os processos gerenciais devem acompanhar este panorama, buscando melhoria contínua nos processos de análise e elaboração de estratégias. Com parques fabris com tipos e quantidades de máquinas relevantes, o planejamento efetivo e focado em resultados é uma prática em que se tem visto com excelência em indústrias de diversos ramos, inclusive a que será tratada neste trabalho: o ramo de produção de equipamentos agrícolas. Com o objetivo de demonstrar uma análise de aplicação do processo de gestão estratégica através dos principais indicadores de manutenção, foi realizado um estudo de caso em uma empresa no interior do estado de São Paulo, revelando os impactos nos resultados corporativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CHIAVENATO, I. Introdução à Teoria Geral da Administração. 9. ed. São Paulo: Editora Manole, 2014.

FREITAS, W. R. S.; JABBOUR, C. J. C. Utilizando estudo de caso (s) como estratégia de pesquisa qualitativa: boas práticas e sugestões. 2011. Disponível em: < http://www.meep.univates.br/revistas/index.php/estudoedebate/article/view/560/550>. Acesso em: 07 mar 2020.

KARDEC, A.; NASCIF, J. Manutenção: Função estratégica. 4. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark Editora, 2019.

SLACK, N.; JONHSTON, R.; CHAMBERS, S. Administração da produção. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

PINTO, J. P. Manutenção Lean. 1. ed. Portugal: Lidel Editora, 2013.

TELES, J. Planejamento e controle de manutenção descomplicado: uma metodologia passo a passo para implantação do PCM. Brasília: Engeteles Editora, 2019.

TELES, J. Guia Prático para implantação de indicadores de manutenção. Brasília: Engeteles Editora, 2018.

VENTURA, M. M. O estudo de caso como modalidade de pesquisa. 2011. Disponível em: <https://s3.amazonaws.com/academia.edu.documents/34829418/o_estudo_de_caso_como_modalidade_de_pesquisa.pdf?response-content-disposition=inline%3B%20filename%3Dsetembro_outubro_O_Estudo_de_Caso_como_M.pdf&X-Amz-Algorithm=AWS4-HMAC-SHA256&X-Amz-Credential=AKIAIWOWYYGZ2Y53UL3A%2F20200309%2Fus-east-1%2Fs3%2Faws4_request&X-Amz-Date=20200309T190312Z&X-Amz-Expires=3600&X-Amz-SignedHeaders=host&X-Amz-Signature=d4a2225070f273b95cef3e8c111fdf903c92560c16db3f849d3c9941eb5c2870>. Acesso em: 09 mar 2020.

Publicado

04/08/2020

Como Citar

CARDOSO, E. V.; REGATTIERI, C. R. INDICADORES DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL: um estudo de caso da gestão estratégica impactando nos resultados corporativos do ramo de equipamentos agrícolas. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 603-612, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i1.761. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/761. Acesso em: 1 out. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Produção Industrial