A APLICABILIDADE DO BALANCED SCORECARD E DO PERFORMANCE PRISM COMO MODELOS DE SISTEMAS DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO ORGANIZACIONAL

  • Euclides Reame Junior Docente da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga
  • Gisela Helmbrecht Reame Discente da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga
Palavras-chave: Medição de Desempenho Organizacional, Balanced Scorecard, Performance Prism

Resumo

A Administração científica desenvolve instrumentos para a gestão do conhecimento e evolução de uma organização. Alguns deles são os sistemas de medição de desempenho. Eles vêem adquirindo um papel fundamental em relação ao planejamento e controle de processos, pois fornecem informações para o bom gerenciamento das atividades. Porém, suas bases são, historicamente, fundamentadas na contabilidade e aplicadas principalmente no processo de manufatura. Indicadores como o ROI (return on investment – retorno sobre o investimento), custo da mão de obra, custos de processos, custos de materiais, entre outros foram os primeiros indicadores utilizados. Esses podem ser considerados úteis como complemento na tomada de decisões quanto a aspectos globais, ou seja, determinam se o negócio vai prover lucros que justifiquem sua implementação. Entretanto, eles não refletem aspectos como a satisfação dos clientes, qualidade dos processos produtivos, qualidade dos produtos, satisfação dos empregados, em outras palavras, não abrangem aspectos não financeiros dos processos de uma organização. A partir dos anos de 1990, houve um aumento no interesse por pesquisas e estudos sobre a medição de desempenho, em virtude do aumento da competição mundial e da própria evolução no nível de exigência dos consumidores. Esses fatos incitaram a necessidade de avaliar aspectos não financeiros como complementos dos sistemas de medição e alguns modelos criados nesse período fazem cada vez mais adeptos no mundo organizacional. Este artigo apresenta uma revisão teórica dos conceitos sobre a medição do desempenho organizacional, focando especificamente o Balanced Scorecard (Medidores Balanceados de Desempenho) e o Performance Prism (Prisma de Performance).

Como Citar
JUNIOR, E.; REAME, G. A APLICABILIDADE DO BALANCED SCORECARD E DO PERFORMANCE PRISM COMO MODELOS DE SISTEMAS DE MEDIÇÃO DE DESEMPENHO ORGANIZACIONAL. Revista Interface Tecnológica, v. 4, n. 1, p. 43-50, 11.
Seção
Tecnologia em Produção Industrial