A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS NO AGRONEGÓCIO

Autores

  • Lavinia Gabriele da Silva Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) –SP –Brasil
  • José Guilherme Pandolfi UNESP – Jaboticabal – SP – Brasil
  • Marcos Alberto Claudio Pandolfi Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) –SP –Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v16i2.676

Palavras-chave:

Gestão, Agronegócio, Recrutamento

Resumo

Este trabalho teve como objetivo apresentar a importância da gestão de pessoas no setor do agronegócio onde o seu papel é imprescindível dentro das organizações, devido ao conjunto de práticas que objetivam adequação dos indivíduos ao ambiente de trabalho para a realização das atividades. Para isso esse estudo teve como base a revisão bibliográfica com o objetivo de identificar quais são as práticas de gestão de pessoas utilizadas pelos agricultores, durante o recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, motivação e remuneração. Neste sentido, a pesquisa aponta que a solução depende dos procedimentos do gestor durante o processo de decisão, cabendo a ele enxergar um novo modelo de gestão, se adequando e estabelecendo critérios que possam aproveitar o potencial de cada pessoa, a fim de se obter melhores resultados para a empresa. Com as novas tecnologias chegando ao mercado, com o intuito de melhorar a produção o produtor ou proprietário tem que estar preparado com funcionários qualificados para atender essa demanda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, C. C, P.; AMORIN, T. N. G. F. Desempenho por Competências: um estudo de caso no âmbito de uma Empresa de Fruticultura utilizando o modelo de Leme. Revista Custos e @gronegócio on line - v. 7, n. 3 – Set/Dez – 2011
BOHLANDER, G. W.; SNELL, S. A. Administração de Recursos Humanos. 16. ed. São Paulo: Cengage, 2015.
CARVALHO, A. V. de; NASCIMENTO, L. P. do. Administração de recursos humanos. 2. ed. São Paulo: Cengage Laerning, 2014.
CARVALHO, I. M. V; PASSOS, A. E. V. M.; SARAIVA, S. B. C. Recrutamento e Seleção por Competências. Rio de Janeiro: FGV, 2008.
CEPEA/ESALQ – Centro De Estudos Avançados Em Economia Aplicada Da Escola Superior De Agricultura “Luiz De Queiroz”. 2015. Disponível em: <http://www.cepea.esalq.usp.br/>.
COVAS, M.; FONTES, S.; Gestão de pessoas no agronegócio. Revista Convibra 2007 . Disponivel em<http://www.convibra.com.br/2007/congresso/artigos/316.pdf> . Acesso em 01 de set. 2019.
DESSLER, G. Administração de recursos humanos. Tradução Cecília Leão Oderich. Revisão técnica Irene Kazumi Miura. 2. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.
DUTRA. J. S. Gestão de Pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2002
FERRAZ, D. L. da S.; OLTRAMARI, A. P.; PONCHIROLLI, O. Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho. São Paulo: Atlas, 2011.
FRANÇA, A. C. L. Práticas de Recursos Humanos- PRH: conceitos, ferramentas e procedimentos. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2012.
GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2007.
GRANT, H. et al. Farmers, Food and the Future: Take Action Now to Attract the Next Generation of Agricultural Leaders. International Food and Agribusiness Management Review, v. 15, n. A, 2012. Disponível em: <https://ageconsearch.umn.edu/record/129167?ln=en> . Acesso em: 10 set. 2019.
HANASHIRO, M. M.; TEIXEIRA, M. L. M.; ZACARELLI, L. M. Gestão do Fator Humano: Uma visão baseada em stakeholders. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.
IBGE – Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/>.
JÖHR, H. Where are the Future Farmers to Grow Our Food. International Food and Agribusiness Management Review, v. 15, 2012. Disponível em: < https://ageconsearch.umn.edu/record/129168?ln=en >. Acesso em: 8 de set. 2019
MAPA - Ministério Da Agricultura, Pecuária E Abastecimento. 2015. Disponível em: <http://www.agricultura.gov.br/>.
MILKOVICH, G. T.; BOUDREAU, J. W. Administração de recursos humanos. Tradução Reynaldo C. Marcondes. São Paulo: Atlas, 2000.
MILKOVICH, G. T.; BOUDREAU, J. W. Administração de recursos humanos. Tradução Reynaldo C. Marcondes. São Paulo: Atlas, 2000.
ROBBINS, S. P. Administração: mudanças e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2009.
SANTOS, E. F. A. et al. CLIMA ORGANIZACIONAL: um estudo de caso em uma cooperativa do agronegócio. II Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação, 2018 – Naviraí – MS – Brasil

VIZOLI, M. Administração de recursos humanos. São Paulo: Academia Person, 2010.
YAMAUCHI, F.; PIGATTO, G. A. S.; BAPTISTA, R. D. Os fatores que influenciam no processo de adoção de inovação e os aspectos culturais: estudos de caso de produtores de amendoim do município de Tupã (SP). Revista ADMPG Gestão Estratégica, Ponta Grossa, v. 8, n. 2, p.45-53, 2015. Disponível em:< http://www.admpg.com.br/revista2015_2/Artigos/Artigo5.pdf> . Acesso em: 05 set. 2019.

Publicado

21/12/2019

Como Citar

SILVA, L. G. da; PANDOLFI, J. G.; PANDOLFI, M. A. C. A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS NO AGRONEGÓCIO. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 203-213, 2019. DOI: 10.31510/infa.v16i2.676. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/676. Acesso em: 5 ago. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Agronegócio