INDÚSTRIA 4.0

um novo paradigma para a indústria

Autores

  • Alison Gustavo de Lima Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) –SP –Brasil
  • Giuliano Scombatti Pinto Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) –SP –Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v16i2.642

Palavras-chave:

Indústria 4.0, Smart Factory, Quarta Revolução Indústrial

Resumo

Desde o início do século XXI, com a popularização da Internet e o surgimento de outras inovações tecnológicas, os níveis de produção industrial no mundo cresceram, visando atender uma demanda com um nível de exigência cada vez maior em um ambiente cada vez mais competitivo. A promessa é que a Indústria 4.0 fundamentada em inovação e melhoria contínua, possibilitará a criação de melhores produtos e serviços atendendo essa demanda cada vez maior e mais exigente. O presente artigo foi elaborado com o objetivo de apresentar a Indústria 4.0, explorando seus conceitos e pilares e por fim discutir seus efeitos e consequências. Este trabalho foi produzido predominantemente por meio de pesquisa bibliográfica. Inicialmente, foi realizado a consulta de artigos, teses, livros e outros materiais, empenhando-se para reunir conhecimento acerca do tema tratado. Por fim, foi possível chegar à conclusão que as indústrias que não se prepararem e investirem em infraestrutura aderindo a esse novo paradigma, perderão competitividade a nível global, correndo sérios riscos de deixarem de existir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AIRES, R. W. A.; MOREIRA, F. K.; FREIRE, P. S. Indústria 4.0: desafios e tendências para a gestão do conhecimento. SUCEG - Seminário de Universidade Corporativa e Escolas de Governo, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 224-247, dec. 2017. Disponível em: <http://anais.suceg.ufsc.br/index.php/suceg/article/view/49>. Acesso em: 03 junho 2019.

AZEVEDO, M. T. Transformação Digital na Indústria: Indústria 4.0 e a Rede de Água Inteligente no Brasil. São Paulo, 2017. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3142/tde-28062017-110639/pt-br.php> Acesso em 29 junho 2019.

BORLIDO, D. J. A. Indústria 4.0 – Aplicação a Sistemas de Manutenção. Portugal: Universidade do Porto, 2017. Disponível em: <https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/102740> Acesso em 28 maio 2019.

COELHO, P. M. N. N. Rumo à Indústria 4.0. Coimbra, Portugal: Universidade de Coimbra: 2016. Disponível em: <https://estudogeral.uc.pt/handle/10316/36992> Acesso em 28 maio 2019.

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FIRJAN. Indústria 4.0. Caderno Senai de Inovação. Rio de Janeiro, 2016. Disponível em: <http://www.firjan.com.br/publicacoes/publicacoes-de-inovacao/industria-4-0-1.htm> Acesso em 29 maio 2019.

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FIRJAN. Indústria 4.0 no Brasil: oportunidades, perspectivas e desafios. Rio de Janeiro, 2019. Disponível em: < https://www.firjan.com.br/publicacoes/publicacoes-de-inovacao/industria-4-0-no-brasil-oportunidades-perspectivas-e-desafios.htm> Acesso em 29 maio 2019.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. Editora Atlas, 2008.

HERMANN, M.; PENTEK, T.; OTTO, B. Design Principles for Industrie 4.0 Scenarios: A Literature Review. Working paper, 2015.

INDÚSTRIA, Confederação Nacional da. Desafios para a indústria 4.0 no Brasil. Brasília:
CNI, 2016. Disponível em: <http://www.portaldaindustria.com.br/publicacoes/2016/8/desafios-para-industria-40-no-brasil/> Acesso em 28 maio 2019.

SIEMENS, A. Conceito de Indústria 4.0. Portugal: Siemens SA, 2017. Disponível em: <https://w5.siemens.com/portugal/web_nwa/pt/AcademiaSiemens/noticias/press_releases/2017/Documents/PARTE_1_O_que_e_a_Industria_4_0.pdf> Acesso em 28 maio 2019.

MENDES, C. R.; SIEMON, F. B.; CAMPOS, M. M. Estudos de caso da Indústria 4.0 aplicados em uma empresa automobilística. São Paulo, v. 1 n. 4, 2017. Disponível em: <http://seer.spo.ifsp.edu.br/index.php/posgere/article/view/120> Acesso em 03 junho 2019.

PAELKE, V. Augmented reality in the smart factory: Supporting workers in an industry 4.0. environment. In: PROCEEDINGS OF THE 2014 IEEE EMERGING TECHNOLOGY AND FACTORY AUTOMATION (ETFA). IEEE, 16 set. 2014. Disponível em: <https://ieeexplore.ieee.org/document/7005252> Acesso em 29 junho 2019.

SCHWAB, K. A quarta revolução industrial. São Paulo: Edipro, 2016. 159 p.

SIGAHI, T. F. A. C.; ANDRADE, B. C. de. A Indústria 4.0 na perspectiva da engenharia de produção no Brasil: levantamento e síntese de trabalhos publicados em congressos nacionais. Joinville: Enegep, 2017. Disponível em: <http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STP_247_428_31208.pdf> Acesso em 03 junho 2019.

SOUZA, P. H. M. de; JUNIOR, S. J. C.; NETO, G. G. D. Indústria 4.0: Contribuições para setor produtivo moderno. Joinville: Enegep, 2017. Disponível em: <http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_WIC_238_384_34537.pdf> Acesso em 29 junho 2019.

SUGAYAMA, R.; NEGRELLI, E. Connected vehicle on the way of Industry 4.0. Paraná: Especialização Engenharia Automotiva, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2015. Disponível em: <http://pdf.blucher.com.br.s3-sa-east-1.amazonaws.com/engineeringproceedings/simea2016/PAP16.pdf> Acesso em 28 maio 2019.

Publicado

21/12/2019

Como Citar

LIMA, A. G. de; PINTO, G. S. INDÚSTRIA 4.0: um novo paradigma para a indústria. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 299-311, 2019. DOI: 10.31510/infa.v16i2.642. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/642. Acesso em: 5 ago. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Produção Industrial