SIMULAÇÃO DO SOFTWARE ARENA PARA O ABASTECIMENTO DE REFRIGERANTES EM UMA REDE DE SUPERMERCADOS NO MUNICÍPIO DE BEBEDOURO (SP)

Autores

  • Paulo Tiago Dionizio Faculdade de Tecnologia de Bebedouro (FATEC) –SP –Brasil
  • Rhadler Herculani Faculdade de Tecnologia de Bebedouro (FATEC) –SP –Brasil

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v16i2.634

Palavras-chave:

Abastecimento, transporte, distribuição, Otimização

Resumo

O objetivo do presente trabalho se constitui em utilizar o software ARENA para simulação e otimização de tempo total gasto com a atividade de abastecimento de refrigerantes em uma rede de supermercados no município de Bebedouro (SP). Com a finalidade de otimizar a atividade logística e diminuir o tempo de atendimento aos clientes, fez-se necessário a cronometragem de todo o processo laboral de um funcionário colaborador para esse estudo, desde a saída de sua residência para o início do expediente, até o término do último abastecimento previsto para o mesmo dia, no total de 19 dias cronometrados, com o propósito de conhecer bem o funcionamento de toda cadeia de transporte, a fim de que se consiga realizar um bom planejamento que atenda às necessidades da empresa, ao mesmo tempo em que seja capaz de reduzir os custos de execução da atividade de abastecimento e obtenha êxito em atender as expectativas dos seus clientes. A distribuição física dos produtos deve ser realizada sempre buscando abastecer, no tempo certo e com a qualidade­ desejada (ou acima do esperado) clientes finais do varejo, no caso uma rede de supermercados para o município de Bebedouro (SP). Conseguir manter um padrão de excelência e de qualidade entre todas as etapas da cadeia de abastecimento será um diferencial almejado e que resultará na fidelidade para com os serviços prestados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMORIN, L. G.Roteirização aplicada à indústria de bebidas. Monografia (relatório de estágio). Brasília DF, 2014. Disponível em: <http://bdm.unb.br/bitstream/10483/9245/1/2014_LucasGomesAmorim.pdf>. Acesso em: 25 ago. 2018.

ARAÚJO, M. A. D. Administração de Produção e Operações, uma abordagem prática. 1ª ed. São Paulo: Armazém de Ideias, 2008.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos / Logística Empresarial, 5ª ed São Paulo: Bookman, 2006.

BARTON, R.F. A primer on simulation and gaming. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall, 1970.

DANTAS, E. M. A. Estágio da organização logística de três empresas do setor de bebidas:um estudo de caso. Dissertação de mestrado. Universidade federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro: 2000. Disponível em: < http://www.coppead.ufrj.br/upload/publicacoes/Eduardo_Dantas.pdf>. Acesso em: 3 set. 2018

DONATO, J.V. Empreendedorismo e estratégia – estudo de criação de duas empresas no setor de refrigerantes no Ceará. Fortaleza: Banco do Nordeste, 2013.

____________. Análise setorial: bebidas não alcoólicas. 2010. Disponível em: http://d001wwv06/AmbEstudosPes¬qAval/AnalisesSetoriais/docs/901120810.doc Acesso em: 31 ago. 2018.

FERREIRA, F. M. Modelagem de sistemas mecânicos utilizando procedimentos modulares. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Instituto Militar de Engenharia, Rio de Janeiro, 2006.

PARAGON. Introdução à Simulação. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. Porto Alegre, 2005. Anais. Porto Alegre: ENEGEP, 2005.

PAULA, A.; HAIDUKE, I. F. O uso de novas tecnologias aplicadas ao processo de ensino e aprendizagem: O software ARENA. 2015. Disponível em: <https://slidex.tips/download/o-uso-novas-tecnologias-aplicadas-ao-processo-ensino-e-aprendizagem-o-software-a>. Acesso em: 17 set. 2018.

FRANCISCHETTI, C. E. Aplicação de contabilometria no processo de planejamento econômico de uma empresa de varejo nacional. Disponível em: <https://www.unimep.br/phpg/bibdig/pdfs/docs/21032016_130101_carloseduardofrancischetti_ok.pdf>. Acesso em: 20 set. 2018.

MENTZER, J., DEWITT, W., KEEBLER, J., MIN, S., NIX, N., SIMTH, C. e ZACHARIA, Z. (2001).Defining Supply Chain Management, Journal of Business Logistics, Vol. 22, nº 2, pp. 1-25

SALIBY, E. Repensando a simulação: a amostragem descritiva. São Paulo: Atlas, 1989

SARAIVA JÚNIOR, A. F.; TABOSA, C. DE M.; COSTA, R. P. DA. Simulação de Monte Carlo aplicada à análise econômica de pedido. Produção, v. 21, n. 1, p. 149 – 164, 2011.

PRADO, D. Usando o ARENA em Simulação. 5. ed. Minas Gerais: Falconi, 2014. V.3.

_________. Usando o ARENA em simulação. 4.ed. Nova Lima: INDG LTDA, 2010.

VAN DER VORST, J. et al. QualityControlled Logistics in Food Supply Chain Network Integrated Decision-Making on Qualityand Logistics to Meet Advanced Customer Demands. In: Proceedings of the 14th InternationalEuroma Conference, 17-20 June, Ankara, Turkey, pp. 1-10. 2007.

Publicado

21/12/2019

Como Citar

DIONIZIO, P. T.; HERCULANI, R. SIMULAÇÃO DO SOFTWARE ARENA PARA O ABASTECIMENTO DE REFRIGERANTES EM UMA REDE DE SUPERMERCADOS NO MUNICÍPIO DE BEBEDOURO (SP). Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 101-111, 2019. DOI: 10.31510/infa.v16i2.634. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/634. Acesso em: 12 ago. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática