CLOUD GAMING

computação em nuvem nos jogos digitais

Autores

  • Victor Ayres Francisco da Silva Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Ana Paula dos Santos Martins Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil https://orcid.org/0000-0002-0525-198X

Palavras-chave:

jogos em nuvem, computação em nuvem, jogos digitais, tecnologia

Resumo

Este artigo, de caráter bibliográfico, pretende averiguar o que é a tecnologia cloud gaming. Para tal, é necessário demonstrar sua importância, sua relação com a computação em nuvem e com os jogos digitais, ademais os desafios de sua aplicação. Apresenta-se inicialmente a metodologia da pesquisa aplicada para o desenvolvimento do artigo, e com relação às teorias envolvidas, são mostrados os conceitos de computação em nuvem sucintamente, uma breve explicação sobre seus tipos, além de suas vantagens, desvantagens e modelos de serviços. Discorre-se acerca da definição de jogos digitais, seus diversos gêneros, suas plataformas e, por fim, seus motores de jogo. Esclarece-se também o que é cloud gaming, seus desafios e as iniciativas de uso atual no mercado dos jogos digitais. Conclui-se, finalmente, que o cloud gaming é a promessa e esperança da indústria dos jogos eletrônicos para erradicar a incompatibilidade entre gerações de consoles, a segmentação e limitações técnicas entre as plataformas e, principalmente, a pirataria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOZA, Diego Cordeiro. Uma arquitetura para transmissão de jogos 2D em nuvem usando codificação de objetos em múltiplas camadas. 2016. Tese (Tese em computação) — Universidade Federal Fluminense, Niterói.

BARROS, Victor Perazzolo. Big Data Analytics em Cloud Gaming: um estudo sobre o reconhecimento de padrões de jogadores. 2016. Dissertação (Dissertação em engenharia elétrica e computação) — Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo.

CHOUDHRY, Kareem. Projeto xCloud: você no centro do jogo. Microsoft News Center Brasil. 2018. Disponível em: <https://news.microsoft.com/pt-br/projeto-xcloud-voce-no-centro-do-jogo/>. Acesso em: 25 mar. 2019.

GARCIA, Franco Eusébio. Um Motor para Jogos Digitais Universais. 2014. Dissertação (Dissertação em ciência da computação) — Universidade Federal de São Carlos, São Carlos.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas. 2002.

MELL, P. M.; GRANCE, T. The NIST definition of cloud computing. Gaithersburg, MD:
National Institute of Standards and Technology, 2011. Disponível em:
<http://nvlpubs.nist.gov/nistpubs/Legacy/SP/nistspecialpublication800-145.pdf>. Acesso em:
2 mar. 2019.

PLAYSTATION. How it Works. Playstation Now. 2019; Disponível em: <https://www.playstation.com/en-gb/explore/playstation-now/how-it-works/>. Acesso em:
26 mar. 2019.

RABIN, Steve. Introdução ao desenvolvimento de games: entendendo o universo dos jogos. 2 ed. v. 1. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

______. Introdução ao desenvolvimento de games: programação técnica, linguagem e arquitetura. 2 ed. v. 2. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

SADAIKE, Marcelo Tetsuhiro. Melhoria do tempo de resposta para a execução de jogos em um sistema em cloud gaming com implementação de camadas e predição de movimento. 2017. Dissertação (Dissertação em Ciências) — Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo.

SILVA, Alberto Vianna Dias Da. Um Modelo de Cloud Gaming para Jogos Digitais. 2014. Dissertação (Dissertação em modelagem computacional e tecnologia industrial) — Faculdade De Tecnologia Senai Cimatec, Salvador.

SILVA NETO, Vicente Corrêa Da. Uma plataforma de jogos JRPG destinada à educação com entretenimento. 2016. Dissertação (Dissertação em Informática) — Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

SOSINSKY, Barrie. Cloud Computing Bible. Indianapolis: Wiley Publishing Inc. 2011.

VALVERDE JUNIOR, Divaldo. Redesign em jogos digitais: estudo de caso da franquia Final Fantsay em diferentes versões e plataformas. 2018. Dissertação (Dissertação em computação, comunicação e artes) — Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa.

WAKKA, Wagner. Google Stadia | O Brasil está pronto para receber jogos por streaming?
Canaltech, 2019. Disponível em: <https://canaltech.com.br/games/google-stadia-o-brasil-esta-pronto-para-receber-jogos-por-streaming-135599/>. Acesso em: 27 mar. 2019.

WATERS, R; LEWIS, L; INAGAKI K. Google erra ao não lançar jogos para sua plataforma Stadia. Tradução de Paulo Migliacci. Folha de São Paulo, 2019. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/tec/2019/03/google-erra-ao-nao-lancar-jogos-para-sua-plataforma-stadia.shtml>. Acesso em: 26 mar. 2019.

Publicado

30/06/2019

Como Citar

SILVA, V. A. F. da; MARTINS, A. P. dos S. CLOUD GAMING: computação em nuvem nos jogos digitais. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 158-170, 2019. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/575. Acesso em: 9 jul. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática