LIMITAÇÕES DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS EM MEIO A UM MODELO TRANSACIONAL

  • Maria Cristina Diniz Ribeiro Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Fernando Tiosso Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Erick Eduardo Petrucelli Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
Palavras-chave: Banco de Dados, Controle de Concorrência, Modelo Trasacional

Resumo

O objetivo deste artigo é proporcionar o entendimento do sistema de banco de dados utilizando um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados (SGBD) relacional em meio a um modelo transacional e evidenciar possíveis limitações, bem como algumas soluções para as tarefas periódicas de emissão de relatórios. Nesse ambiente, dependendo do nível de isolamento configurado no SGBD, a tarefa de emissão de relatórios pode gerar uma concorrência desnecessária pelos dados, sobrecarregando os processos executados pelo SGBD e prejudicando o desempenho do sistema. Algumas soluções propõem alterações de níveis de isolamento do SGBD que aumentam o desempenho do sistema, mas geram relatórios com dados não confiáveis. No entanto, após o entendimento do sistema de banco de dados e dos níveis de isolamento existentes em um SGBD, é possível configurar um ambiente seguro, com informações fidedignas, e com alto desempenho para a tarefa de emissão de relatórios.

Publicado
30/06/2019
Como Citar
RIBEIRO, M. C. D.; TIOSSO, F.; PETRUCELLI, E. E. LIMITAÇÕES DE UM SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE BANCO DE DADOS EM MEIO A UM MODELO TRANSACIONAL. Revista Interface Tecnológica, v. 16, n. 1, p. 102-113, 30 jun. 2019.
Seção
Tecnologia em Informática