EVOLUÇÃO DO PROCESSO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO E SEUS EFEITOS NO TRABALHO

Autores

  • Lucas Gustavo de Arruda Alves Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Ronaldo Ribeiro de Campos Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil

Palavras-chave:

Processo Administrativo, Ambiente de Trabalho, Estabilidade

Resumo

O estudo de análise teórico desenvolvido neste projeto tem como foco a abordagem e evolução metodológica no ambiente de trabalho. Tendo como objetivo evidenciar os benefícios de tais métodos assim os tornando mais notórios, é possível notar-se na atualidade em algumas empresas uma forma de comportamento regular e de colaboração, onde o objetivo da empresa caminha junto com seus funcionários, porem nem sempre é assim, isto ocorre, pois com o passar dos anos metodologias foram desenvolvidas e empregadas neste âmbito, o tornando mais harmonioso, com muitas experiencias de desconstrução de setores por problemas internos relacionados aos funcionários foram analisadas e empregadas técnicas para se obtiver o equilíbrio, pode não ser uma realidade para muitos, mas quando se é utilizada o rendimento e evolução dos funcionários aumentam naturalmente, pois o melhor desempenho vem com a melhor qualidade de vida. Inúmeros pesquisadores lutaram para mudar a mentalidade destas corporações, para transformá-las e as ajudar a evoluir junto com seus funcionários, este artigo demonstra como tais processos transformaram, e se tornam cada vez mais disseminados no mundo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Referências

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 9241-11/1998-Requisitos Ergonômicos para Trabalho de Escritórios com Computadores: Orientações sobre Usabilidade. Rio de Janeiro, ABNT, 2000.
BASTOS, A. V. B. Significado do Trabalho um Estudo Entre Trabalhadores Inseridos em Organizações Formais, RAE, São Paulo, Vol. 35, 1995.
BEJARANO, V. C. et al, A EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS À LUZ DA SOCIOLOGIA DE NORBERT ELIAS, IX Simpósio Internacional Processo Civilizador, Ponta Grossa, 2005.
BRUNO, L. E. N. B. Relações de trabalho e teorias administrativas. Série Idéias n.16. São Paulo: FDE, 1993, p. 125-139.
CARVALHO, M. M. M. J. Orientação Profissional em grupo: Teoria e técnica. Campinas: Editorial Psy, 1995.
CERVANTES, C, R; PANNO, C. C., KLOECKNER, M. C. Administração: teoria e processos. São Paulo: Prentice Hall Brasil, 2005.
CHIAVENATO, I. Teoria Geral da Administração. 8ª edição, São Paulo: Campus, 2011
ETZIONI, A. Análise comparativa de organizações complexas: sobre o poder, o engajamento e seus correlatos, Zahar, 1974.
FERNANDES, B. H. R. Administração Estratégica, Saraiva, Ed 2ª, 2012.
HOBSBAWM, E. J. E. A Era das Revoluções 1789 – 1848, Paz & Terra, p. 57-97, 265-287, 287-313, 455-472, 2012.
HOBSBAWM, E. J. E. Era dos Extremos: O breve Século XX 1914 – 1991, Companhia Das Letras, Ed 2ª, p. 90-113, 253-282, 282-314, 537-563, 1995.
MARX, K. H.; LAFARGUE, P. O Capital, Ester Band, 1ª Ed, 1867.
MARX, K. H.; ENGELS, F. Obras escolhidas: AlfaOmega : Volume 1, p. 21-23, 301-302. 2008.
MOTTA, F. C. P.; ISABELLA G. V. Teoria Geral da Administração.3ª Ed. Ver. – São Paulo: Cengage Learning, 2015.
REMPEL, G. Industrial Revolution. Western New England College Press, 1999.
ROBBINS, Stephen P. Administração: Mudanças e perspectivas. São Paulo: saraiva, 2000.
SILVA, B. Taylor e Fayol, Fundação Getúlio Vargas, 1960.
WEBER, M. K. E. A Ética Protestante e o “Espírito” do Capitalismo, Companhia das Letras, 2004.

Publicado

30/06/2019

Como Citar

ALVES, L. G. de A.; CAMPOS, R. R. de. EVOLUÇÃO DO PROCESSO ADMINISTRATIVO E TECNOLÓGICO E SEUS EFEITOS NO TRABALHO. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 16, n. 1, p. 349-359, 2019. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/546. Acesso em: 26 out. 2020.

Edição

Seção

Tecnologia em Gestão Empresarial