LOGÍSTICA REVERSA E SUSTENTABILIDADE NA REUTILIZAÇÃO DE EMBALAGEM BIG BAG

  • Ivan dos Santos Faculdade de Tecnologia de Bebedouro (FATEC) – SP – Brasil
  • Paulo Henrique Benedeti Faculdade de Tecnologia de Bebedouro (FATEC) – SP – Brasil
  • Rhadler Herculani Faculdade de Tecnologia de Bebedouro (FATEC) – SP – Brasil
Palavras-chave: Cadeia Reversa de Suprimentos, Geração de Valor, Contentor Flexível

Resumo

O presente artigo visa comprovar a geração de valor na cadeia reversa de suprimentos da recuperação e higienização de contentores flexíveis (Big Bags), que são embalagens utilizadas no acondicionamento, armazenamento e transporte de produtos. A logística reversa, embora sempre associada a reciclagem de materiais, possui um conceito mais amplo, pois se associa também se relaciona com atividades logísticas de redução de fontes de abastecimento, substituição, reuso de materiais e disposição. Este processo propicia benefícios financeiros na redução de custos, impacto positivo ao meio ambiente e na imagem organizacional perante seus fornecedores, clientes e, consequentemente, para a sociedade. Utilizou-se os métodos de pesquisa bibliográfica, estudo de caso e análise de caráter qualitativo para o desenvolvimento do artigo. Os resultados obtidos se mostraram satisfatórios de acordo com as informações analisadas conforme objetivo proposto. Conclui-se que a logística reversa afeta diretamente os resultados da organização proporciona grande satisfação dos clientes, contribui para o desenvolvimento sustentável e estimula uma cooperação mútua entre os parceiros envolvidos na cadeia reversa.

Publicado
30/12/2018
Como Citar
SANTOS, I.; BENEDETI, P. H.; HERCULANI, R. LOGÍSTICA REVERSA E SUSTENTABILIDADE NA REUTILIZAÇÃO DE EMBALAGEM BIG BAG. Revista Interface Tecnológica, v. 15, n. 2, p. 336-347, 30 dez. 2018.
Seção
Tecnologia em Gestão Empresarial