O TRATAMENTO AUTOMATIZADO DA LINGUAGEM NATURAL

  • Carla Alexandra Ezarqui Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga - FATEC-Tq - Av. Dr. Flávio H. Lemos, 585. CEP 15900-000 - Taquaritinga -SP
Palavras-chave: Linguística, Inteligência Artificial, Prolog, Processamento de Linguagem Natural, Parser

Resumo

Este trabalho apresenta as modificações realizadas no Grammar Play, um analisador sintático, capaz de compreender sentenças simples e afirmativas do português brasileiro, que possuam apenas uma oração, identificando sua estrutura de constituintes. As alterações contribuíram para minimizar sua limitação, quanto à análise de determinadas frases, permitindo-o classificar como gramaticais sentenças que apresentam uma locução verbal com até dois verbos. Além disso, foram adicionados ao léxico desse parser dois pronomes pessoais, verbos conjugados em três tempos diferentes e vários termos em inglês e português, utilizados na área da informática. Portanto, as mudanças fizeram com que a gramática e o léxico do Grammar Play abrangessem um número maior de expressões da língua portuguesa, inclusive aquelas que apresentam termos emprestados do inglês.

Como Citar
EZARQUI, C. O TRATAMENTO AUTOMATIZADO DA LINGUAGEM NATURAL. Revista Interface Tecnológica, v. 6, n. 1, p. 73-84, 11.
Seção
Tecnologia em Comunicação