O VAREJO DE CARNES

UM ESTUDO MULTICASO NO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

  • Silvia Helena Carvalho Ramos Valladão de Camargo Docente do Mestrado Profissional em Administração da Universidade Metodista de Piracicaba, do Centro Universitário Moura Lacerda de Ribeirão Preto e da UNIP Sorocaba
  • Marcos Fava Neves Docente da Faculdade de Economia Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, Campus Ribeirão Preto - FEARP
  • Dante Pinheiro MArtinelli Docente da Faculdade de Economia Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, Campus Ribeirão Preto - FEARP
  • Adriano Marcelo Litcanov Docente da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga e Sertãozinho, do Centro Universitário Moura Lacerda de Ribeirão Preto e da Faculdades Anhanguera de Sertãozinho
  • Antonio Carlos Giuliani Coordenador do Programa de Mestrado em Administração da UNIMEP-Universidade Metodista de Piracicaba
Palavras-chave: Varejo de carnes, Estratégias, Pequenos Comércios

Resumo

O presente trabalho foi realizado no pequeno varejo de carnes no interior do Estado de São Paulo, o que possibilitou identificar as principais dificuldades encontradas pelos açougues e casas de carnes no tocante a frigoríficos, produtores, fornecedores e instituições financeiras. Observou-se que os pequenos negócios que comercializam carnes de origem animal buscam estratégias para se manterem competitivos no mercado através de um maior mix de produtos no mesmo espaço físico. O diferencial nesse negócio está em tratar bem o cliente, recebê-lo bem, identificar e atender a suas necessidades e gostos. Com base nas necessidades desses clientes, tais empresas oferecem maior variedade de produtos, desde gêneros alimentícios, assim como pratos prontos, bebidas à material de higiene e limpeza. Tentam oferecer produtos aos clientes de acordo com as necessidades deles e tentam competir com os hipermercados e supermercados, só que, esses por sua vez “queimam” alguns produtos para chamar a atenção dos clientes que buscam preço, a única alternativa que restou para esse negócio foi diversificar para atender às necessidades do mercado.

Como Citar
DE CAMARGO, S.; NEVES, M.; MARTINELLI, D.; LITCANOV, A.; GIULIANI, A. O VAREJO DE CARNES. Revista Interface Tecnológica, v. 5, n. 1, p. 57-75, 11.
Seção
Tecnologia em Agronegócio