DESENVOLVIMENTO INFANTIL E TECNOLOGIA

  • Lais Lourenço Maziero Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Douglas Francisco Ribeiro Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga (FATEC) – SP – Brasil
  • Helena Macedo Reis Universidade de São Paulo (USP) – São Carlos – SP – Brasil
Palavras-chave: Desenvolvimento infantil, Iteração, Tecnologia

Resumo

Este artigo tem como objetivo principal apresentar uma percepção sobre os efeitos do uso da tecnologia no desenvolvimento infantil. Para isso foi realizado um levantamento bibliográfico sobre o assunto. Foi realizada, também, para uma formação melhor de opinião, uma pesquisa de campo com crianças da escola EMEB Dr. Raul da Rocha Medeiros, da rede de educação básica pública, situada na cidade de Monte Alto-SP, no qual os alunos tinham semanalmente aulas laboratoriais com aplicativos que condensavam o conteúdo ministrado em sala de aula. Foram pesquisados os prós e os contras, o modo como a iteração eletrônica afeta o desenvolvimento das capacidades motora, linguística e psicológica, os riscos à saúde causados pelo uso excessivo da tecnologia, na formação social e de caráter de uma criança conectada desde os primeiros anos de vida. Concluiu-se que uma alternativa para que o avanço do uso na tecnologia não se torne prejudicial, é saber orientar e monitorar as crianças. Desta maneira, com o uso combinado de tecnologia e aprendizado, a criança poderá desenvolver um maior conhecimento e unir o conhecimento escolar ao lazer, e ao mesmo tempo, adquirir novos conhecimentos e aprimorar o que já aprendeu em suas diferentes fases da vida.

Publicado
22/12/2016
Como Citar
MAZIERO, L.; RIBEIRO, D.; REIS, H. DESENVOLVIMENTO INFANTIL E TECNOLOGIA. Revista Interface Tecnológica, v. 13, n. 1, p. 79-91, 22 dez. 2016.
Seção
Tecnologia em Informática