MANUTENÇÃO INDUSTRIAL: UM ESTUDO DE SUA IMPORTÂNCIA NA COMPETITIVIDADE EM UMA EMPRESA DO RAMO METALÚRGICO.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v18i1.1098

Palavras-chave:

Competitividade., Gestão Industrial, Prevenção

Resumo

Com a competitividade industrial e surgimento de técnicas e estratégias gerenciamento de produção e processo, destaca-se a manutenção. Sabendo-se que a mesma é formada por um conjunto de técnicas e atividades operacionais e administrativas, sua utilização de forma coesa como ferramenta de melhoria de processo e eventualmente diminuição de custos é fundamental. No Brasil, as empresas possuem uma larga escala de ativos (máquinas), para a produção de bens e serviços, garantir a maior vida útil desses equipamentos é crucial. Entre os objetivos do projeto, encontra-se a importância da manutenção para redução de custos, definir metas e objetivos organizacionais através dos procedimentos para obter o aproveitamento de tempo, espaço, maquinários e pessoas da melhor forma possível. O estudo se desenvolveu por meio de pesquisas quantitativas em dados empresariais e qualitativas por meio de revisão bibliográficas em sites, artigos e monografias. Os resultados da manutenção como ferramenta estratégica estão interligados com a disponibilidade de seus equipamentos, resultando na produtividade exercendo um papel crucial para a organização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABRAMAN, EDITORIAL. Revista Da Associação Brasileira De Manutenção, SÃO PAULO: N.126, SET, 2010, P.06.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5462:1994: Confiabilidade e mantenabilidade – Referências – Elaboração. Rio de Janeiro: ABNT, 1994.

BELMONTE, D. L. Gestão da Manutenção auxiliada pela Gestão do Conhecimento. In: Encontro Nacional deEngenharia de Produção, 25., 2005, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ABEPRO, 2005.

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral Da Administração: uma visão abrangente da moderna administração das organizações / Idalberto Chiavenato – 7. Ed. Ver. E atual – Rio de Janeiro: Elsevier, 2003 - 12.

CYRINO, Luis. Estratégia da Manutenção usando a Preventiva. (2017). Disponível em < https://www.manutencaoemfoco.com.br/estrategia-manutencao-usando-preventiva/>. Acesso em 16 Fev. 2021.

KARDEC, A. & NASCIF, J. Manutenção Função Estratégica. 1. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005.

MANUTENÇÃO, Net. Indústria 4.0: mas cadê os dados. Disponivel em <https://manutencao.net/artigo/industria-4-0-mas-cade-os-dados/#:~:text=A%20McKinsey%20estima%20que%2C%20at%C3%A9,entre%2010%25%20e%2025%25.> . Acesso em 13 Fev. 2021.

MARTINES, M. FIORESE, L. Influência da cultura e clima organizacional na qualidade de vida no trabalho: revisão da literatura. Disponível em: <http://www.univates.br/revistas/index.php/destaques/article/view/528/520>. Acesso em: 19 de Fev 2021.

MOUSSA, Simhon. Instrumentação e ensaios de manutenção preditiva. São Paulo:

Editora do Autor, 2011.

SAMPIERI, R., COLLADO, C., & LUCIO, M. (2013). Definições dos enfoques quantitativo e qualitativo, suas semelhanças e diferenças. Porto Alegre, RS: Penso.

SILVA, A. D. Gestão Estratégica de Manutenção no Ambiente de Manufatura Enxuta. In: Encontro Nacional deEngenharia de Produção, 25., 2005, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ABEPRO, 2008.

SILVEIRA, Cristiano B. Confiabilidade e Disponibilidade de máquinas: um exemplo prático (2016). Disponivel em < https://www.citisystems.com.br/confiabilidade-disponibilidade-maquinas/#3>. Acesso em 17 Fev 2021.

OLLAIK, L., & ZILLER, H. M. Concepções de validade em pesquisas qualitativas. Educação & Pesquisa, (2012). 38(1), 229-241. Disponivel em <http://www.scielo.br/pdf/ep/v38n1/ep448.pdf> Acesso em 15 Fev. 2021.

XENOS, H. G. D. P. Gerenciando a Manutenção Produtiva. 2. ed. Nova Lima: FALCONI Editora, 2015.

Downloads

Publicado

30/07/2021

Como Citar

NASCIMENTO, J. P.; MIDORI YADA DE ALMEIDA, M. . MANUTENÇÃO INDUSTRIAL: UM ESTUDO DE SUA IMPORTÂNCIA NA COMPETITIVIDADE EM UMA EMPRESA DO RAMO METALÚRGICO. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 416-425, 2021. DOI: 10.31510/infa.v18i1.1098. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/1098. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Tecnologia em Produção Industrial

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.