CISTERNAS – UMA ALTERNATIVA AO DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E AMBIENTAL NOS MEIOS RURAL E URBANO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v18i1.1094

Palavras-chave:

Reaproveitamento, Chuva, Hidrico

Resumo

A falta de água potável é um problema alarmante que aumenta cada vez mais com o passar do tempo. Devido a este fator, o presente trabalho tem como objetivo demonstrar as vantagens e benefícios trazidos pelo uso de cisternas, como um meio alternativo sustentável e econômico para o armazenamento e reaproveitamento da água da chuva, como um meio sustentável e econômico, desenvolvendo projetos para que as pessoas que tenham limitações ao acesso hídrico, tenham mais disponibilidade de agua principalmente para tarefas domesticas, evitando assim a utilização da agua potável para realização dessas tarefas. Utilizada a metodologia de pesquisas em artigos científicos, para identificarmos os benefícios ao utilizar a Cisterna. Concluímos através de pesquisa na literatura especializada, que o uso de cisternas é fundamental ao desenvolvimento socioeconômico de comunidades de populações com vulnerabilidade em razão do baixo acesso a recursos hídricos e fundamental na preservação de recursos hídricos em razão da diminuição do uso de água tratada para fins menos nobres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE NETO, C. O. Segurança sanitária das águas de cisternas rurais. In: 4º Simpósio Brasileiro de Captação e Manejo de Água de Chuva. Juazeiro, 2003. Anais. Bahia: ABCMAC, 2003. 1 CD-ROM.

BRITO, L. T. de L.; SILVA, A. de S.; D’AVILA, O. A. Avaliação técnica do programa de cisternas no Semi-árido brasileiro. In: VAITSMAN, J.; PAES-SOUSA, R. (Org.). Avaliação de políticas e programas do MDS: resultados. Brasília, DF: MDS: SAGI, 2007. v. 1. cap. 5, p. 199-234.

COHIM, E. et al. O USO DA BOMBA MANUAL EM CISTERNAS DE ÁGUA DE CHUVA. Revista Eletrônica de Gestão e Tecnologias Ambientais, v. 5, n. 2, p. 173-180, 2017.

DUARTE, G. W. et al. Aproveitamento de água pluvial para fins não potáveis: estudo de caso na jardinagem. Revista Ciência & Cidadania, v. 1, n. 1, 2015.

FEITOSA, E. R.; YADA, M. M; SOARES, N. M.; USO DE CISTERNAS NA CAPTAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA PARA USO ANIMAL. Revista Interface Tecnológica, v. 15, n. 1, p. 305-314, 2018.

GALIZONI, F. M.; RIBEIRO, E. M. Notas sobre água e chuva: o Programa Um Milhão de Cisterna no semi-árido mineiro. Anais, p. 1-13, 2016.

JALFIM, F. T. Considerações sobre a viabilidade técnica e social da captação e armazenamento da água da chuva em cisternas rurais na região semi-árida brasileira. In: Simpósio de Captação de água de chuvas no semi-árido, 30, Campina Grande, PB, 21 a 23.11.2001. CD-ROOM, 2001.

JACOBI, P. R.; CIBIM, J.; LEÃO, R. S.;. Crise hídrica na Macrometrópole Paulista e respostas da sociedade civil. Estudos avançados, v. 29, n. 84, p. 27-42, 2015.

LUCENA, S. C. B.; MARÇAL, N. A.; SANTOS, A. M.; MARÇAL, N. N. A.; SOUSA, M. E. L.; SANTOS NETO, F. T.; A importância das cisternas para a sobrevivência dos agricultores no interior da Paraíba. Anais do XII Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas, 2015.

MARINHO, J. O.; CAMPOS, J. O.; LIMA, V. R. P. A importância das cisternas de placas na zona rural de Serra Redonda-PB: uma análise da comunidade torre. Revista Geotemas, v. 9, n. 1, p. 7-27, 2019.

MAY, Simone. Estudo da viabilidade do aproveitamento de água de chuva para consumo não potável em edificações. 2004. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Construção Civil e Urbana) - Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. doi:10.11606/D.3.2004.tde-02082004-122332. Acesso em: 2021-05-25. https://teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-02082004-122332/publico/simonemay.pdf

NOGUEIRA, D.; MILHORANCE, C.; MENDES, P.; Do Programa Um Milhão de Cisternas ao Água para Todos: Divergências políticas e bricolagem institucional na promoção do acesso à água no Semiárido brasileiro. IdeAs. Idées d'Amériques, n. 15, 2020.

MENEZES, E. T. N. et al. Sistema de armazenamento de água da chuva (cisternas) um estudo com enfoque em documentos de patentes. Revista GEINTEC-Gestão, Inovação e Tecnologias, v. 5, n. 2, p. 2113-2120, 2015.

ROGOSKI, Ederson Rafael et al. ESTUDO DE IMPLANTAÇÃO DE CISTERNA EM HABITAÇOES DE INTERESSE SOCIAL NO PROJETO E APÓS A CONCLUSÃO DA OBRA. REVISTA INTERDISCIPLINAR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO-RevInt, v. 5, n. 1, 2017.

ROTHER, F.; DEWES, T.; SCHNEIDER, M. Coleta da água da chuva: um meio sustentável e eficaz. Revista Infinity,v.1, n.1, 2016. Pagina 17.

SILVA, J. P; BEZERRA, C. E; RIBEIRO, A. Avaliação da qualidade da água armazenada em cisternas no Semiárido Cearense. Brazilian Journal of Biosystems Engineering, v. 14, no. 1, p. 27-35, 2020.

DA SILVA, C. V.; Efeitos da implantação de cisternas para armazenamento de água de chuva na saúde infantil: estudo quase experimental na área rural de dois municípios do semiárido mineiro. 2012.

SOUSA, Leonel Oliveira. Eficiências das cisternas de aproveitamento de água de chuva: análise frente aos cenários de mudanças climáticas. 2018. Dissertação de Mestrado. Brasil.

Downloads

Publicado

30/07/2021

Como Citar

MONTEIRO, T. T. .; POLLI, H. Q. . CISTERNAS – UMA ALTERNATIVA AO DESENVOLVIMENTO ECONOMICO E AMBIENTAL NOS MEIOS RURAL E URBANO. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 256-264, 2021. DOI: 10.31510/infa.v18i1.1094. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/1094. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Tecnologia em Agronegócio