REDUÇÃO DE DESPERDÍCIOS OPERACIONAIS

um estudo em uma indústria aeronáutica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v18i1.1081

Palavras-chave:

Sistema Toyota de Produção, Just In Time, Kaizen

Resumo

O mercado competitivo tem exigido das empresas uma maior dedicação em ações que visam o aumento da produtividade mesmo obtendo recursos limitados. Para isso as empresas precisam melhorar de forma contínua seus processos produtivos. O Sistema Toyota de Produção, com o intuito de agregar valor aos processos, auxilia as empresas nessas melhorias, tornando-as capazes de identificar e eliminar desperdícios através das metodologias e ferramentas de solução de problemas. Este artigo tem como objetivo abordar, na forma de revisão bibliográfica, os conceitos do Sistema Toyota de Produção e como ele auxilia na cadeia produtiva. Em seguida o enfoque é dado em um estudo de caso, utilizando a metodologia da pesquisa qualitativa, ressaltando como a aplicação do Lean Manufacturing em uma empresa do seguimento aeronáutico auxilia no aumento da produtividade e na redução dos custos operacionais, maximizando significativamente os lucros da empresa. Mediante os estudos realizados nesta pesquisa, pode-se concluir que o Sistema Toyota de Produção pode trazer inúmeras vantagens competitivas para as organizações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGOSTINETTO, J. S. Sistematização do processo de desenvolvimento de produtos, melhoria contínua e desempenho: o caso de uma empresa de autopeças. 2006. 121 p. Dissertação de Mestrado, Universidade de São Paulo, São Carlos.

BARTZ, A.P.B et al. Aplicação da podução enxuta em uma indústria de produtos agrícolas. Ingeniare, Revista chilena de ingeniería. Vol. 21 Nº 1, pp.147-158. 2013.

BRUUN, Peter; MEFFORD, Robert N. Lean production and the internet. School of Business and Management, University of San Francisco, USA, 2003.

CARPINETTI, L. C. R. Gestão da qualidade: Conceitos e Técnicas. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2012.

CRESWELL, J. W. Investigação qualitativa e projeto de pesquisa – escolhendo entre cinco abordagens. 3.ed. Porto Alegre: Penso editora, 2014.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

GHINATO, P. Sistema Toyota de Produção: mais do que simplesmente just-in-time – autonomação e zero defeitos. Caxias do Sul: Educs, 2000.

JUSTINO, H. et al. A aplicação da metodologia kaizen direcionado pela gestão de indicadores do balanced scorecard. V simpósio acadêmico de engenharia de produção, minas gerais, 06/07/2011.

LIKER, Jeffrey; MEIER, David. O modelo Toyota: Manual de aplicação; porto alegre, Bookman, 2007.

MAJCHRZAK, M.; STILGER, L. Experience report: Introducing kanban into automotive software project. e-Informatica Software Engineering Journal, v.11, n.1, p.39-57, 2017.

MONDEN, Yasuhiro. Sistema Toyota de produção: uma abordagem integrada ao just-in-time. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

MOURA, Reinaldo Aparecido e BANZATO, José Maurício. Jeito inteligente de trabalhar: 'Just-in-Time' a reengenharia dos processos de fabricação. São Paulo: IMAM, 1994.

OHNO, T. O sistema Toyota de produção: além da produção em larga escala. Porto Alegre: Bookman, 1997.

PAOLESCHI, Bruno. Logística industrial integrada: do planejamento, produção, custo e qualidade à satisfação do cliente. 1ª edição – São Paulo: Érica. 2008.

QUINQUIOLO, J. M. Avaliação da eficácia de um sistema de gerenciamento para melhorias implantado na área de carroceria de uma linha de produção automotiva. Taubaté⁄SP: Universidade de Taubaté, 2002.

RODRIGUES, M.V. Entendendo e desenvolvendo sistemas de produção Lean Manufacturing. Rio de Janeiro. 2014.

SCHONBERGER, R. J. Japanese production management: an evolution – with mixed success. Journal of Operations Management, 2007, n 2, p 403-419. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0272696306000325. Acesso em: 20 jan. 2021.

SHINGO, Shigeo. O sistema Toyota de produção: do ponto de vista da engenharia de produção. 3 ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2005.

SILVEIRA, C. B. Just in time: conceito, definição e objetivos. 2018. Disponível em: https://www.citisystems.com.br/just-in-time-conceito-significado. Acesso em: 11 fev. 2021.

SULTANA, I.; AHMED, I. A state of art review on optimization techniques in just in time. Uncertain Supply Chain Management, v.2, n.1, p.15-26, 2014.

TUBINO, Dalvo F. Manual de planejamento e controle da produção. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2000.

Downloads

Publicado

30/07/2021

Como Citar

SINIBALDI, M. da S.; JUNIOR, M. A. A. de S. REDUÇÃO DE DESPERDÍCIOS OPERACIONAIS: um estudo em uma indústria aeronáutica. Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 656-668, 2021. DOI: 10.31510/infa.v18i1.1081. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/1081. Acesso em: 29 nov. 2021.

Edição

Seção

Pós-Graduação em Gestão da Produção Industrial