LINGUÍSTICA COMPUTACIONAL

um mapeamento bibliográfico de 2000 a 2020

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31510/infa.v17i2.1056

Palavras-chave:

Linguística computacional, Revisão bibliográfica, Informática

Resumo

A Linguística Computacional é um campo multidisciplinar que envolve a Inteligência Artificial, a Informática e a Linguística. Tal área busca desenvolver, por meio de um modelamento lógico-formal, sistemas com capacidade de reconhecer e de produzir informações da linguagem natural. O objetivo deste trabalho, pautado na pesquisa bibliográfica exploratória, é apresentar um mapeamento bibliográfico de estudos que envolvem a Linguística Computacional entre os anos de 2000 e de 2020 a fim de reconhecer suas diversas aplicações. Esta investigação se justifica pela própria importância desse campo de pesquisa para o desenvolvimento de novas tecnologias e pelo conhecimento de possíveis áreas em que ele possa ser usado. Na análise, foram encontradas outras áreas relacionadas à Linguística Computacional e como elas estão interligadas na construção de novas ferramentas. Dessa maneira, com esta investigação, é possível ter um claro entendimento da sua origem e da sua usabilidade nos processos de criação de sistemas relacionados à manipulação da linguagem humana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALENCAR, L. F. Uma implementação computacional de construções verbais perifrásticas em francês. Alfa: Revista de Linguística, v. 61, n. 2, p. 351-380, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-57942017000200351&lang=pt. Acesso 30 out. 2020.

______. Donatus: uma interface amigável para o estudo da sintaxe formal utilizando a biblioteca em Python do NLTK. Alfa: Revista de Linguística, v. 56, n. 2, p. 523-555, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-57942012000200008&lang=pt. Acesso em: 30 out. 2020.

BRITO, G. S. Linguistas e computadores: que relação é essa? Working papers em Linguística, n. 4, p. 7-23, 2004. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/workingpapers/article/viewFile/4711/3951. Acesso em: 17 set. 2020.

CAMPOS, M. C. Los corpus del español clásico y moderno: entre la filología y la lingüística computacional. RLA, v. 57, n. 2, p. 41-64, 2019. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0718-48832019000200041&lang=pt. Acesso em: 29 out. 2020.

CASTEL, V. Generating abstracts from genre structure through lexicogrammar: modelling of feature selection and mapping. Revista Signos, v.39, n. 62, p.327-356, 2006. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0718-09342006000300001&lang=pt. Acesso em: 30 out. 2020.

CHÁVEZ, B. L.; YAMAMOTO, J. M. Análisis de contenido y lingüística computacional: su rapidez, confiabilidad y perspectivas. Anal. Psicol., v. 30, n.3, p. 1146-1150, 2014. Disponível em: http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0212-97282014000300039&lang=pt. Acesso em: 29 out. 2020.

COMPUTATIONAL LINGUISTICS. In: STANFORD ENCYCLOPEDIA OF PHILOSOPHY. Stanford: Stanford University, 2014. Disponível em: https://plato.stanford.edu/entries/computational-linguistics/. Acesso em: 16 set. 2020.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. (org). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006. p. 15-41.

FREITAS, C. Corpus, Linguística Computacional e as Humanidades Digitais. In: LEITE, M.; GABRIEL, C. T. (org). Linguagem, Discurso, Pesquisa e Educação. Rio de Janeiro: De Petrus, 2015, p. 18-46.

______. Sobre a construção de um léxico da afetividade para o processamento computacional do português. RBLA, v. 13, n. 4, p.1031-1059, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1984-63982013000400004&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 29 out. 2020.

FROMM, G. Linguística Computacional: uma intersecção de áreas. Revista Factus, n. 5, p. 135-140, 2006. Disponível em: http://www.ileel.ufu.br/guifromm/wp-content/uploads/2014/05/linguisticacomputacional.pdf. Acesso em: 22 set. 2020.

GARCIA, A. I. C. Linguística Computacional. Disponível em: https://www.usc.gal/export9/sites/webinstitucional/gl/centros/filoloxia/guiacentros/arquivos/LINGCA/LINGSTICA_COMPUTACIONAL.pdf. Acesso em: 29 out. 2020.

IMPACTA. Conheça tudo sobre área de Linguística Computacional! [S.l.], 2020. Disponível em: https://www.impacta.edu.br/blog/conheca-tudo-area-linguistica-computacional/. Acesso em: 22 set. 2020.

IMPORT LINGUISTICS. Categoria: Linguística Computacional. [S.l.], 4 fev. 2016. Disponível em: https://importlinguistics.com/category/linguistica-computacional/. Acesso em: 22 set. 2020.

LINGUÍSTICA COMPUTACIONAL. In: INFOPÉDIA. Porto: Porto Editora, 2003-2020. Disponível em: https://www.infopedia.pt/$linguistica-computacional. Acesso em: 27 out 2020.

MACEDO, N. D. Iniciação à pesquisa bibliográfica. São Paulo: Unimarco Editora, 1996.

MARTINS, R. O pecado original da linguística computacional. Alfa: Revista de Linguística, v. 5, n. 1, p. 1-22, 2011. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/alfa/article/view/4178/3776. Acesso em: 29 out. 2020.

NUNES, M. G. V.; ALUISIO, S. M.; PARDO, T. A. S. Um panorama do Núcleo Interinstitucional de Linguística Computacional às vésperas de sua maioridade. LinguaMática, v. 2, n. 2, p. 13-27, 2010. Disponível em: https://www.linguamatica.com/index.php/linguamatica/article/view/66. Acesso em: 27 out. 2020.

OTHERO, G. A. Linguística Computacional: uma breve introdução. Letras de Hoje, v. 41, n. 2, p. 341-351, 2006. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/605/436. Acesso em: 26 out. 2020.

RODRÍGUEZ, M. D. B.; OSPINA, A. A. P.; VELÁSQUEZ, I. M. R. Modelo para detección automática de errores léxico-sintácticos en textos escritos en español. TecnoLógicas, v. 21, n.42, p. 199-209, 2018. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0123-77992018000200199&lang=pt. Acesso em: 29 out. 2020.

SILVA, B. C. D. O estudo Linguístico-Computacional da Linguagem. Letras de Hoje, v. 41, n. 2, p. 103-138, 2006. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/597/428. Acesso em:26 out. 2020.

SILVA, E. B.; BABINI, M. A preparação de material terminológico em língua inglesa por meio de ferramentas linguístico-computacionais. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 50, n. 1, p. 119-132, 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-18132011000100007&script=sci_arttext. Acesso em: 26 out. 2020.

VICENTE, M.; BARROS, C.; PEREGRINO, F. S.; AGULLÓ, F.; LIORET, E. La generación de lenguaje natural: análisis del estado actual. Comp. y Sist., v. 19, n. 4, p. 721-756, 2015. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1405-55462015000400721&lang=pt. Acesso em: 29 out. 2020.

VIEIRA, R.; LIMA, V. L. S. Linguística computacional: princípios e aplicações. In: NEDEL, L. P. (ed.). IX Escola de Informática da SBC-Sul. Passo Fundo, Maringá, São José. SBC-Sul, 2001.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

OLIVEIRA, A. C. da S.; FRESCHI, A. C. LINGUÍSTICA COMPUTACIONAL: um mapeamento bibliográfico de 2000 a 2020 . Revista Interface Tecnológica, [S. l.], v. 17, n. 2, p. 376-385, 2020. DOI: 10.31510/infa.v17i2.1056. Disponível em: https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/1056. Acesso em: 1 ago. 2021.

Edição

Seção

Tecnologia em Informática